Rota da Garganta de Loriga e Rota dos Socalcos

Rota da Garganta de Loriga e Rota dos Socalcos

Data: 13 de Dezembro a partir das 21h no alojamento para evitar a viagem de madrugada no Sábado, 14 e 15 de Dezembro de 2019

Data limite de inscrição: 5 de Novembro 2019. Após esta data não será garantido a pernoita no alojamento, nem as refeições, sendo da responsabilidade do(a) participante.

Número mínimo de participantes, para que a actividade se realize : 5

Número máximo de participantes : 10

Solicitar a inscrição para o email trilhosecumes@gmail.com

ROTA DA GARGANTA DE LORIGA

Este percurso passa ainda hoje por locais, onde os pastores da Serra da Estrela passam durante as suas jornadas de trabalho. A paisagem compensa, a exigência do percurso, apesar de o realizarmos de forma descendente.

Este trajecto liga o Planalto superior da Serra da Estrela e a Vila de Loriga. Um vale marcado durante a sua extensão, pelos vestígios da última Era Glaciar, a que a Serra da Estrela esteve sujeita.

Durante o percurso, é de salientar uma sucessão de 4 depressões, conhecidas por Covão Boieiro, Covão do Meio, Covão da Nave e Covão da Areia.

Património Natural:

  • Vale Glaciar de Loriga

  • Covão Boieiro, Covão do Meio, Covão da Nave e Covão da Areia

Património Histórico - Cultural:

  • Barragem do Covão do Meio

  • Estruturas rústicas associadas à Transumância

  • Eira da Pedra

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Linear

  • Início e fim do percurso: Salgadeiras e Loriga (Largo da Carreira)

  • Distância: 9 Quilómetros

  • Duração aproximada: 3h30m

  • Grau de dificuldade: Difícil

  • Desnível acumulado: + 1188 metros /- 122 metros

  • Altitude mínima: 768 metros

  • Altitude máxima: 1838 metros

ROTA DOS SOCALCOS

Este percurso será na envolvente da aldeia de Cabeça, um vale com vertentes abruptas, de carácter rural. Onde é possível observar os costumes e tradições típicas das aldeias serranas.

Na aldeia, localizada no topo de um cabeço sobranceiro à ribeira de Loriga, destaca-se o casario tradicional, constituindo um dos melhores exemplos de uma povoação de traça típica em xisto.

Passaremos por uma paisagem predominante marcada por socalcos, existindo nas margens da ribeira, bosquetes de azereiros e azevinhos, testemunhando a vegetação natural do vale nas épocas anteriores à última Era Glaciar.

Património Natural:

  • Souto

  • Vale da Ribeira de Loriga

  • Meandros Fluviais

  • Sobreiro monumental do Outeiro da Ponte

Património Histórico-Cultural:

  • Aldeia em Xisto

  • Socalcos agrícolas

  • Ponte do Porto

  • Lugar da Várzea

  • Moinhos hidráulicos

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Circular

  • Início e fim do percurso: Cabeça (Igreja Matriz)

  • Distância: 3 Quilómetros

  • Duração aproximada: 1h45m

  • Grau de dificuldade: Fácil

  • Desnível acumulado: + 197 metros / - 197 metros

  • Altitude mínima: 400 metros

  • Altitude máxima: 522 metros

PREÇO INDIVIDUAL : 100 €

O que está incluído ?

  • Acompanhamento técnico do monitor de montanhismo e escalada devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, com 22 anos de experiência.

  • Visita ao Centro de Interpretação do Geopark Mundial da Serra da Estrela

  • 2 Noites em alojamento nas Penhas da Saúde, em camaratas.

  • 2 Pequenos-almoços

  • 1 Jantar

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais durante a actividade.

Nota: Entre os participantes poderá ser combinado um sistema de boleias para minimizar os custos de deslocação até à Serra da Estrela.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL OBRIGATÓRIA PARA SUA SEGURANÇA E CONFORTO:

  • Gorro ou passa-montanhas

  • Saco-Cama

  • Bastões de caminhada

  • Protector solar, labial.

  • Óculos de sol

  • 1 Impermeável/Corta vento

  • 1 Polar

  • 1 Polar suplente

  • 1 Par de Luvas Polares

  • 2 T-shirt´s térmicas ou normais do dia-a-dia

  • Calças de montanhismo/Pedestrianismo

  • 2 Pares de meias de pedestrianismo (caminhadas)

  • Botas de pedestrianismo (caminhadas) / montanhismo

  • 1 Cantil de 1,5 Lt ou uma Garrafa de 1,5 Lt

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • 2 Almoços ( Sandes, Fruta, sumos, ao critério de cada participante)

  • Material de Higiene Individual: Escova e pasta de dentes, chinelos para banho, toalha de banho, desodorizante, etc.

  • Muda de roupa interior para 2 dias.

  • Roupa de pernoita

Aconcágua 6962 metros de altitude

Aconcágua 6962 metros de altitude

BREVE DESCRIÇÃO:

Aconcágua a " Sentinela de Pedra", é o cume mais alto fora da grande cordilheira dos Himalaias.

Esta enorme montanha situa-se na parte ocidental da Argentina, o coração dos Andes centrais e é também o cume mais alto da América do Sul.

A ascensão a esta montanha é ideal para aqueles que desejam realizar uma experiência de montanhismo a grande altitude, tornando-se muitas vezes procurada como preparação para as ascensões das grandes montanhas dos Himalaias.

ITINERÁRIO:

DIA 1:

Chegada à cidade de Mendoza. Em Mendoza teremos tempo para conhecer este fantástico local e realizar compras de recordações, caso chegue de manhã à cidade. Recomendamos que explore esta encantadora cidade. Cafés com esplanadas em passeios de calçada, ruas com bastantes árvores, criam um ambiente agradável, onde poderemos provar os excelentes vinhos da região e deixar-mo-nos cativar pelo ambiente vibrante deste extraordinário local. A grande maioria das pessoas comem bastante tarde e os restaurantes à meia-noite ainda se encontram bastante cheios. Considere a possibilidade de levar roupa mais adequada se quiser jantar fora.

DIA 2:

Tratamento da burocracia de permissões de escalada e viagem atè à localidade de Penitentes a 2887 metros de altitude. Levaremos 4 horas de viagem. A pernoita será em alojamento local em quartos partilhados. Quartos individuais podem ser reservados, mas acrescem um valor adicional. Iremos ficar 2 noites.

DIA 3:

Passeio em Penitentes, para iniciarmos o processo de aclimatação.

DIA 4:

Pequena viagem até Punta de Vacas a 2980 metros de altitude, onde se iniciará a marcha de montanha até ao acampamento base do Aconcágua, conhecido como Plaza Argentina, após 3 dias de marcha. Cada dia de marcha de aproximação, terá cerca de 4 a 7 horas de actividade. A partir deste ponto, as pernoitas já serão realizadas em tendas de montanhismo/alpinismo e as refeições serão preparadas pelos elementos da organização.

DIA 5:

Marcha de Montanha até Casa de Piedra, a 3240 metros de altitude. Pernoita em tendas.

DIA 6:

Marcha de Montanha até ao acampamento base avançado, em Plaza Argentina, a 4250 metros de altitude. Pernoita em tendas.

DIA 7 a 9:

Dias de descanso, preparação do material.

DIA 10 a 18:

Subidas e descidas aos campos de altitude, aclimatação e ataque final do cume. O plano pode variar, pois depende de vários factores, tais como, as condições meteorológicas, o estado de saúde dos participantes em relação ao processo de aclimatação até então realizado durante a marcha de aproximação ao acampamento base. 

Plano de ascensão ao cume, passando pelos acampamentos de altitude:

  • Carregamentos do acampamento base até ao campo 1 a 4900 metros e regresso ao acampamento base.

  • Dia de descanso.

  • Ascensão ao acampamento 1 e pernoita no acampamento 1.

  • Carregamento até Ameghino Col, a 5634 metros de altitude e regresso ao acampamento 1.

  • Carregamento até Guanacos Camp, a 5500 metros de altitude e regresso ao acampamento 1.

  • Ascensão e pernoita em Guanacos Camp, a 5500 metros de altitude.

  • Carregamentos até ao Camp Cholera, a 5950 metros de altitude e regresso a Guanacos Camp.

  • Ascensão e pernoita no Camp Cholera.

  • Ataque ao cume - 6962 metros de altitude - e descida até ao Camp Cholera. a 5950 metros de altitude.

  • Descida até ao acampamento base avançado.

DIA 19 e 20:

Dia extra, chegada ao acampamento base e celebração.

DIA 21: 

Marcha de montanha até Puenta del Inca e viagem até Mendoza.

DIA 22: 

Fim da actividade e regresso a casa.

DIFICULDADE:

Difícil: Numa escala de Fácil, Média e Difícil

PONTOS INTERESSANTES DA ACTIVIDADE:

  • Conquiste o cume mais alto da América do Sul.

  • Conheça uma típica cidade Argentina.

  • Prove a variedade de vinhos argentinos.

  • Uma experiência similar à forma como se escala nos Himalaias, com vários campos de altitude.

DURAÇÃO E DATA:

22 Dias de actividade efectiva, mas contar com a viagem até Mendoza e a viagem de regresso a casa.

Janeiro de 2018 (Data final brevemente)

PREÇO INDIVIDUAL:

4685 € 

Depósito de 450€ não reembolsáveis, para reservar o seu lugar na actividade.

4235€, deverá ser pago até 90 dias antes da data de início da actividade.

NOTA: Terá que pagar à parte a taxa de permissão de escalada, na cidade de Mendoza, no valor de 706.95€

O QUE ESTÁ INCLUÍDO?

  • Voucher de 10% de Desconto Imediato da Loja North Face de Aveiro (Portes de envio grátis)

  • Enquadramento do Guia de Alta Montanha e Guia de Montanha devidamente certificados profissionalmente.

  • Transferes do aeroporto, só se chegar na data de início da actividade.

  • Todos os transportes terrestres.

  • Hotel e refeições na localidade de Penitentes, durante os dias 3 e 4 da actividade.

  • Toda a alimentação durante as marchas de montanha.

  • Equipamento colectivo de montanhismo/alpinismo: Cordas, tendas, fogões de montanhismo/alpinismo, marmitas de montanhismo e todos os suplementos necessários para realizar em segurança e uma forte tentativa de conquista do cume.

  • Carregamento do equipamento em mulas durante as marchas de montanha até ao acampamento base, com um máximo de peso de 25 Kq por participante.

  • Apoio de uma equipa de carregadores para o equipamento colectivo e lixo após a actividade.

  • Acesso regular à internet para envio de emails e fotografias para familiares e amigos, para que possam acompanhar o nosso progresso na montanha.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Equipamento e vestuário individual de montanhismo/alpinismo.

  • Alojamento em Mendoza, caso chegue fora da data da actividade.

  • Alojamento na localidade de Penitentes caso pretenda ficar depois do fim da data da actividade.

  • Taxa de permissão de escalada, que é paga em Mendoza.

  • Seguro de viagem, cancelamento e resgate.

  • Refeições e despesas pessoais em Mendoza.

  • Excesso de peso de bagagens com mais de 25 Kg por pessoa.

  • Qualquer custo associado a partidas mais cedo em relação à actividade.

  • Alojamento em Mendoza, depois da data final da actividade.

  • Pequena oferta monetária aos guias locais e restantes elementos.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após o pagamento da actividade, sobre roupas e equipamentos individuais necessários. Respeitando cada item da lista de material e tendo o equipamento correcto, são factores essenciais para o bom desempenho no dia-a-dia da actividade, aumentando o sucesso da actividade.

PERGUNTAS FREQUENTES:

Quais são os requisitos necessários para subir esta montanha?

É necessário que tenham alguma experiência de ascensões nos Alpes. O Aconcágua é uma montanha bastante exigente, o que implica que o participante deverá estar em excelente forma física para que possa superar as dificuldades inerentes ao mundo da alta montanha.

Será a minha primeira experiência no mundo da alta montanha, qual a melhor forma de preparar-me?

É uma excelente questão, e nós temos a resposta, pois temos um treino específico para esta montanha singular. Contacte-nos. Além disso recomendamos o seguinte livro de Clyde Soles - Climbing: Training for Peak Performance (http://www.clydesoles.com/Front/Training2.html), sendo um programa excelente de treino com duração de 4 meses, para ascensões a montanhas de grandes altitudes.

E qual o nível de condição física que devo ter?

Para que possa desfrutar da melhor forma possível esta actividade, terá que estar na sua melhor forma física possível. Tem de aguentar um ritmo de marcha de montanha lento, durante todo o dia, preparando-se de acordo com a resposta anterior a esta pergunta. Certifique-se e esteja focado(a) no seu treino de cardio e de força.

Como será o dia de ataque ao cume?

Normalmente o dia de ataque ao cume é de 10 a 14 horas, por zonas tecnicamente pouco difíceis, excepto se recentemente tenha existido uma tempestade, e o terreno esteja com neve fofa, dificultando um pouco a ascensão. As condições meteorológicas podem ser surpreendentemente ventosas e frias, ou não fossem estas as condições do mundo da alta montanha.

Como é um dia típico na montanha?

Os dias podem variar, desde poucas horas para o processo de aclimatação até 7 a 9 horas em deslocações entre os acampamentos de altitude e 10 a 14 horas para o dia de ataque ao cume.

Qual será o peso da minha mochila?

A equipa de carregadores para o equipamento colectivo está incluída no preço individual da actividade e só terá que carregar com o seu vestuário e equipamento individual. Durante o ataque ao cume, a mochila não deverá ter mais que 8 Kg.

Pode-se contratar carregadores no acampamento base, para ajudar-me com a minha mochila, é verdade? Se é verdade como se processa?

Sim é possível. No entanto é possível antecipar a necessidade de um carregador, contacte-nos e poderá saber o preço. Os preços variam de ano para ano e os carregadores são estritamente controlados pelos serviços do parque do Aconcágua. Como chamada de atenção, há que ter cuidado, pois quando mais alto sobem na montanha, mais caro se torna a sua prestação de serviço e não há garantia se ele estará disponível só para si, para os dias que o contratou.

Posso alugar uma mula durante a actividade? Posso dar um passeio de mula no acampamento base?

Não é recomendável. O nosso corpo precisa de aclimatar-se à altitude, e a melhor forma de o fazer é ir a pé lentamente, ganhando altitude aos poucos até chegarmos ao acampamento base. No fim da actividade existe uma oportunidade para o fazer. É divertido, mas torna-se uma experiência um pouco dolorosa pois 5 a 7 horas em cima de uma sela, tornou-se desagradável.

É possível realizar um tour de prova de vinhos em Mendoza?

Não só é possível, como recomenda-se vivamente que o faça para que possa desfrutar esta cidade Argentina. É recomendado que o faça antes ou depois da actividade, pois como é óbvio estaremos ocupados.

Que tipo de hotel vamos estar em Mendoza?

Ficaremos na zona central, no Hotel Nutibara, com piscina, bons pequenos-almoços, uma grande sala de recreação usada para os montanhistas

Vou partilhar o quarto e as tendas com outros montanhistas?

Normalmente são reservados quarto individuais e duplos no Hotel em Mendoza, até sairmos da cidade. A nossa política de partilha de quartos é que os participantes masculinos e femininos ficarão em quartos separados. Na montanha as dormidas são partilhadas com outro participante ou dois, nas tendas.

Que tipo de refeições terei na montanha?

Trabalhamos arduamente para que as suas refeições sejam saborosas ou variadas, cozinhadas por um experiente cozinheiro argentino no acampamento base. Também pode referir quais as suas dietas especiais, para tal deverá referir antecipadamente no acto de inscrição. Para além das refeições fornecidas no acampamento base, poderá comprar hamburguers, batatas fritas e "coca-colas", em tendas montadas no acampamento base, mas especial cuidado ao seu preço praticado. Uma vez nos acampamentos de altitude as refeições são as designadas de R.P.C. ( Refeições Prontas a Comer), com comida selada em pacotes e hidrofilizadas.

Que tipo de tecnologias de comunicação estão disponíveis nesta actividade?

Os guias têm telefones satélite que os poderá usar pagando uma taxa. Contudo  no acampamento base existem serviços disponíveis de acesso à internet.

Quando devo chegar a Mendoza e onde encontro-me com os guias?

Antes do início da actividade, receberá informações finais, descrevendo o local e quando irá reunir-se com os guias.

Que dinheiro extra devo trazer para esta actividade?

Depende quantas recordações pretende comprar e em que Tours de provas de vinho pretende participar. O cartão de crédito é largamente aceite em Mendoza, mas deverá levar dinheiro "real", uma vez que no acampamento base poderá querer comer várias vezes hamburgueres!  Nota: pode variar entre 176 e os 440€! 

Se quiser contratar carregadores no acampamento base os preços são mais caros que os referidos no parágrafo anterior! 

A permissão de escalada é paga à parte pelo participante e tem o preço de 706.95€ (6500 pesos). Este valor é pago no escritório do Parque Nacional do Aconcágua em Mendoza, antes da partida para Penitentes.

Qual o valor da oferta monetária deverei dar ao guia?

O valor monetário é uma questão pessoal, não é correcto ou incorrecto fazê-lo. Tudo depende da interacção entre o guia e o cliente e a ajuda que recebeu do seu guia. Se acha que fez um bom trabalho fica de acordo com a sua vontade.

Necessito de um visto de entrada?

Para mais informações sobre este assunto poderá consultar a seguinte ligação http://www.tempodeviajar.com/informacao-para-viajar-na-argentina/

Que tipo de seguro devo fazer?

Tem que ter um seguro que cubra eventuais acidentes pessoais durante a expedição, quaisquer custos ocorridos em caso de doença ou resgate de emergência médica, que ocorra durante a actividade, bem como cancelamento da viagem, bagagem perdida, danos ou roubo.

Preciso realmente de um seguro de resgate?

Sem dúvida que sim. Este tipo de actividades desenrola-se em áreas remotas sem vias de acesso e com cuidados médicos escassos ou inexistentes, tornando-se de vital importância uma evacuação imediata, para salvaguarda do(a) participante.

O que é o seguro de cancelamento de viagem?

Este opção de seguro, permite ao participante cancelar a sua viagem, caso as circunstâncias nos obriguem a cancelar a viagem ( números mínimos de participantes não atingidos ou a viagem para determinado país se torna demasiado perigosa), torna-se possível reembolsar a passagem aérea e outros custos que possa ter incorrido.

Mount Vinson 4892 Metros de Altitude

Mount Vinson 4892 Metros de Altitude

BREVE DESCRIÇÃO:

O Mount Vinson é a montanha mais alta da Antártida, e está localizada a 700 milhas do Pólo Sul. Foi escalada pela primeira vez por uma expedição Americana durante o Verão de 1966, mas só foi escalada novamente em 1979. Ambas as expedições foram suportadas por apoios governamentais.

Tem 4897 metros de altitude mas tecnicamente não é uma ascensão difícil. No entanto é uma ascensão ao cume com temperaturas que podem baixar até aos - 40 º C.

ITINERÁRIO:

Dia 1:

Ponto de encontro em Punta Arenas, Chile.

Dia 2:

Pesagens e carregamento do material.

Dia 3:

Reunião sobre o desenvolvimento da actividade.

Dia 4:

Voo para o Union Glacier, Antártida.

Dia 5:

Voo para o acampamento base do Mount Vinson.

Dia 6 a 13:

Escalada do Mount Vinson.

Dia 14:

Regresso ao Union Glacier.

Dia 15:

Partida de Punta Arenas.

Dia 16: 

Regresso a casa.

CHEGADA E PARTIDA:

Na fase de chegada, o material colectivo tem que ser pesado e carregado até 1 dia antes da partida para o Union Glacier sendo que terá que agendar a sua chegada de acordo com o programa da actividade. É aconselhável que chegue 1 dia antes do dia oficial de início da actividade.

Durante a partida, os voos de e para a Antártida, estão sujeitos às condições meteorológicas. Terá que ser necessário contar com alguma flexibilidade no tempo livre que dispensou para esta actividade.

A VIA DE ASCENSÃO AO CUME DO MOUNT VISION:

A escalada é realizada através de uma extraordinária progressão num glaciar, puxando os trenós com o nosso material. Durante esta parte do percurso as paisagens ao nosso redor serão marcadas por impressionantes cascatas de gelo acima de 1500 metros de altitude.

O nosso acampamento base, ficará instalado no Branscomb Glacier, aproximadamente a 2100 metros de altitude e montaremos posteriormente mais dois acampamentos de altitude, um a 2700 metros e o outro a 3850 metros de altitude.

O primeiro acampamento de altitude ficará um pouco acima do Branscomb Glacier, na base da encosta que dará acesso ao cume. Serão 7 horas de actividade até este acampamento desde o acampamento base., onde faremos vários pausas para que possamos deliciar-nos com a fantástica paisagem envolvente. Transportaremos  metade do equipamento nas mochilas e a outra metade nos trenós.

Desde o primeiro acampamento de altitude, a ascensão será realizada através de uma aresta de neve com um desnível de 1200 metros e com 40 º de inclinação. Durante esta parte da ascensão usaremos 800 metros de corda fixa, que fora previamente instalada. As técnicas de progressão em corda fixa, serão ensinadas durante a actividade. Esta aresta de neve levar-nos-à até ao acampamento de altitude número 2, e demoraremos cerca 6 a 9 horas.

O acampamento 2 localiza-se perto de uma aresta de rocha que está adjacente ao cume do Mount Vinson.

O dia de cume normalmente tem a duração de 7 a 10 horas. Depois da chegada ao cume, o regresso ao acampamento 2 tem a duração de 2 horas e meia. No dia de ataque ao cume, passaremos à esquerda de  Branscomb Peak e chegaremos à piramide rochosa que dá acesso ao cume do Mount Vinson. A partir daqui escalaremos a peculiar East Ridge, com pequenos passos de escalada em rocha até alcançarmos finalmente o espectacular cume da montanha mais alta do continente antártico.

No cume, existe um pequeno livro do Sierra Club colocado numa lata, onde poderá escrever o seu nome.

A descida do acampamento de altitude número 2 até acampamento base poderá ser realizada em apenas 1 dia. Teremos também que transportar todo o nosso lixo montanha abaixo.

DURAÇÃO E DATA:

16 Dias de actividade efectiva, mas contar com a viagem até Punta Arenas - Chile - e a viagem de regresso a casa.

6 a 21 de Janeiro de 2019

PREÇO INDIVIDUAL:

36180 € 

Depósito de 4410€ não reembolsáveis, para reservar o seu lugar na actividade.

32400€, deverá ser pago até 120 dias antes da data de início da actividade.

O QUE ESTÁ INCLUÍDO? 

  • Voucher de 10% de Desconto Imediato da Loja North Face de Aveiro (Portes de envio grátis)

  • Enquadramento do Guia de Alta Montanha e Guia de Montanha devidamente certificados profissionalmente.

  • Voo para o Union Glacier na Antártida e regresso.

  • Voo de Union Glacier para o acampamento base no Mount Vinson e regresso.

  • Equipamento colectivo de alpinismo: Alimentação, cordas, tendas, fogões de montanhismo/alpinismo, durante os dias na Antártida.

  • Utilização do telefone satélite para chamadas internacionais.

  • Informações actualizadas via internet, para que familiares e amigos acompanhem a actividade.

  • Transporte até 23 Kg de equipamento pessoal.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Viagem até Punta Arenas, Chile e regresso.

  • Alojamento e alimentação em Punta Arenas.

  • Taxas de aeroporto.

  • Seguro de viagem, cancelamento, resgaste. O de resgaste deve cobrir 132.440 €

  • Equipamento e vestuário individual de alpinismo.

  • Excesso de bagagem, custará por quilo cerca de 58,30 €

  • Custo das chamadas do telefone satélite.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após o pagamento da actividade, sobre roupas e equipamentos individuais necessários. Respeitando cada item da lista de material e tendo o equipamento correcto, são factores essenciais para o bom desempenho no dia-a-dia da actividade, aumentando o sucesso da actividade.

PERGUNTAS FREQUENTES:

Poderei tomar banho e lavar o meu vestuário durante a actividade?

Terá apenas no hotel em Punta Arenas, mas durante a actividade não é possível. Recomenda-se que traga toalhitas, para que consiga fazer a sua higiene.

Que tipo de alimentação terei disponível durante a actividade ? 

A alimentação é um dos factores cruciais para uma actividade no Mont Vinson. Serão servidas refeições nutritivas e bastante calóricas. Durante o planeamento será questionado(a) sobre os menus para que possamos ajustar as refeições de acordo com as suas preferências. Em Punta Arenas Iremos seleccionar a sua alimentação para que transporte apenas o que prefere comer na montanha.

Que tipo de alimentação se trata ?

Os guias irão preparar refeições de qualidade, de acordo com o menu planeado, que incluirá ingredientes chilenos. Na montanha também serão servidas refeições de pacotes de comida liofilizada. 

Que tipo de alojamento vou ficar?

Partiremos de Punta Arenas e ficaremos alojados no pequeno hotel Tierra del Fuego. Um hotel clássico e elegante. Se precisarmos de prolongar a nossa estadia  por motivos meteorológicos em relação ao voo para a Antártida.

Vou partilhar o meu quarto e a tenda com outros participantes ? Um quarto individual estará disponível ?

Normalmente terá um quarto em Punta Arenas e partilhará a tenda com outro participante.

Terei que chegar um dia antes do inicio da actividade ? Como devo reservar o meu voo de regresso a casa, pois se as condições meteorológicas podem atrasar a actividade ?

Sim, para que o material colectivo seja pesado e carregado 1 dia antes da partida de Punta Arenas para o Union Glacier. É recomendado que chegue 1 dia antes do dia oficial de inicio da actividade. Os voos para a Antártida estão sujeitos às condições climatéricas, tornando-se necessário agilizar com a companhia aérea o seu regresso a casa. Como a actividade dura apenas duas semanas, terá que comprar um bilhete que tenha a flexibilidade de mudar a data do voo. Devido às áreas remotas onde decorre a actividade torna-se fundamental garantir a flexibilidade das datas do voo para o regresso a casa.

Aonde é o ponto de encontro ? 

Ao chegar a Punta Arenas, terá que apanhar um táxi até ao hotel, onde estará o seu guia ocupado a tratar do carregamento do material para a viagem até à Antártida. Ao chegar ao hotel encontre-se com o guia, que estará à sua espera.

O que acontece se eu chegar muito cedo ou chegar depois do dia de início da actividade ?

Nesta actividade não é permitido que chegue depois do dia de início da actividade, todo o equipamento deve estar pesado e carregado para o voo da Antártida. Se falhar o dia, não estará apto a prosseguir na actividade.

Precisarei de todos os artigos mencionados na lista de material individual ?

Sim, a lista de material que será enviada, foi preparada cuidadosamente e deverá trazer tudo o que está lista.

Como tem que ser o meu saco-cama ? 

Um dos equipamentos fundamentais para esta actividade, especialmente para os acampamentos de altitude. Terá que ser quente o suficiente para que aguente temperaturas que poderão chegar aos - 40 º C .

Como será a aclimatação ?

Será levada em conta durante toda a actividade e sempre com especial atenção, onde pode contar se for necessário com dias de descanso.

Que medicação de altitude estará disponível durante a actividade ? 

Os guias durante a actividade transportam kit´s de emergência médica que incluem medicação para o mal de altitude. Se o processo de aclimatação foi realizado sem qualquer problema, não será necessário recorrer a qualquer medicação que advenha de algum problema relacionado com o mal de altitude. Será necessário que traga medicamentos que costuma usar regularmente, bem como um pequeno estojo de primeiros socorros.

Qual o peso que irei carregar durante a actividade ?

Geralmente pode contar com 15 Kg na mochila às costas  mais 12 Kg no trenó. No dia de ataque ao cume, a mochila pesará não mais de 8 Kg.

Que experiência e conhecimentos deverei ter para esta ascensão ?

Deverá ter experiência na utilização de crampons e piolet e capaz de aguentar actividade física com vários de duração. Experiência em progredir em glaciares e acampar na neve, serão uma mais valia.

Que condição física deverei ter para esta actividade ?

Por ser uma actividade realizada numa zona remota e de alta montanha, deverá estar em excelente forma física. Um excelente treino cardiovascular é fundamental e deverá estar à vontade para realizar actividade física com cerca de 6 horas por dia, carregando uma mochila e puxando um trenó, não esquecendo também que no dia de ataque ao cume demorará entre 10 a 12 horas.

Como posso preparar-me para o frio ? Esta região não é o local mais frio do planeta ? 

A boa notícia é que é um frio seco. Baixa humidade torna as baixas temperaturas mais toleráveis. A melhor forma para se preparar para estas temperaturas é habituar as extremidades do corpo (mãos e pés) durante muito pouco tempo no próprio congelador do frigorífico de casa e observar a reacção do próprio corpo, para que possa ter uma ideia.

Posso usar Skis no Vinson ?

Na montanha não iremos precisar.

Como será um dia típico na montanha ?

Geralmente os dias terão 4 a 9 horas de actividade, mas no dia de ataque ao cume poderá aumentar o número de horas de actividade.

Que tipo de comunicação terei disponível na montanha ?

O guia terá um telefone satélite Iridium e terá um custo por minuto de 3,52 € . É carregado por energia solar e não é possível garantir se estará 24 horas disponível. O frio afecta severamente o sistema.

Terei algum carregador para pilhas, baterias, disponíveis durante a actividade ?

Haverá painéis solares, mas a prioridade é o carregamento dos telefones satélite e equipamento eléctrico da expedição. Não se recomenda que traga câmaras de filmar com bateria recarregável, pois a bateria acaba antes do tempo devido ao frio extremo. Use câmaras com pilhas carregáveis, tendo que trazer pilhas suplentes. Recomenda-se pilhas de lithium recarregáveis.

Que informações meteorológicas teremos na actividade ?

Durante a actividade, o guia recebe diariamente actualizações sobre as condições meteorológicas desde a equipa que está no Union Glacier.

Qual o tipo de seguro que necessito para esta actividade ?

Para participar necessita de um seguro que cubra Resgate e Evacuação Médica, com o mínimo de cobertura de 132300 €. Deve cobrir qualquer tipo de custo ocorrido na actividade relacionado com doença, emergência médica ou evacuação e recomenda-se que faça um seguro de cancelamento de viagem, bagagens perdidas, danificadas ou roubadas.

Preciso mesmo de um seguro que cubra evacuação ?

Sem dúvida e é imperativo que se faça para viagens até a Antártida, sendo que será verificado, para que tenha permissão para viajar.

O que é o seguro de cancelamento de viagem?

Este opção de seguro, permite ao participante cancelar a sua viagem, caso as circunstâncias nos obriguem a cancelar a viagem ( números mínimos de participantes não atingidos ou a viagem para determinado país se torna demasiado perigosa), torna-se possível reembolsar a passagem aérea e outros custos que possa ter incorrido.

Travessia Invernal na Serra da Estrela

Travessia Invernal na Serra da Estrela

Data: 11 a 12 de Janeiro de 2020

Data limite de inscrição: 15 de Dezembro de 2019

Número mínimo de participantes para que a actividade se realize: 3

Número máximo de participantes: 6

DESCRIÇÃO:

Nesta actividade é dado a conhecer a verdadeira Serra da Estrela longe das estradas de alcatrão.

Iniciaremos a ascensão desde a bonita vila de Loriga, onde segundo consta foi o local de nascimento do grande Lusitano Viriato.

Loriga vem do nome Lorica, que significa uma das peças das armaduras dos soldados Romanos.

Passaremos por verdadeiros trilhos de montanha, onde a paisagem de cortar a respiração e de extrema beleza invernal serão uma constante. O frio estará bem presente, não fosse esta uma verdadeira experiência de montanhismo invernal, mas suportável graças ao vestuário próprio de montanha.

 Iremos pernoitar no refúgio de montanha mais alto de Portugal Continental, onde será possível tomar um banho de água quente e repor as energias ao fim do dia, para que possamos retomar a ascensão no dia seguinte.

O dia irá começar cedo para chegarmos ao cume da Serra da Estrela nas primeiras horas do dia, onde teremos o prazer de estar no cume, antes de qualquer visitante.

Fotografia da praxe, ou como se diz na gíria montanhista, fotografia de "cume". Após a foto de grupo, mochila novamente às costas e de novo botas no trilho para darmos continuidade à nossa marcha de montanha pelo planalto superior da Serra da Estrela.

Próxima paragem, o fantástico vale Covão de Ferro , com as suas extraordinárias encostas escarpadas de extrema beleza natural.

Seguiremos até ao Lago do Viriato, barragem artificial que aproveita da melhor forma o recurso natural mais abundante da Serra da Estrela, a água, e que abastece durante o ano inteiro a cidade da Covilhã.

Finalizaremos esta extraordinária travessia na peculiar aldeia de montanha Penhas da Saúde, onde nos espera um verdadeiro e saboroso almoço serrano, que o vai deixar encantado e de certeza que vai voltar para degustar novamente estas iguarias.

De que está à espera? Desafie-se, atravesse a montanha mais de Portugal de Continental numa verdadeira actividade de montanhismo invernal com quem sabe e no final deguste um verdadeiro almoço serrano.

Inscrições através do email: trilhosecumes@gmail.com

PREÇO INDIVIDUAL: 190€

O QUE ESTÁ INCLUÍDO?

  • Acompanhamento técnico do monitor de montanhismo e escalada devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, com 22 anos de experiência.

  • 1 noite em refúgio de montanha, com banho de água quente

  • 1 Almoço serrano no Restaurante Varanda da Estrela.

  • Transporte de regresso a Loriga desde as Penhas da Saúde

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.

NÃO INCLUI:

  • Transporte para a Serra da Estrela, mas poderá combinar-se um sistema de boleias entre os participantes.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL OBRIGATÓRIO:

  • Mochila de montanhismo com capacidade de 50 Litros a 60 Litros.

  • Saco - Cama

  • Gorro ou passa-montanhas

  • Protector solar de factor 50

  • Óculos de Sol

  • Bastões de marcha de montanha.

  • 2 T-shirt's térmicas ou normais do dia-a-dia.

  • 1 Polar.

  • 1 Polar Suplente

  • 1 Impermeável de montanhismo.

  • Calças de montanhismo.

  • Luvas polares (1ª Camada)

  • Luvas impermeáveis (2ª Camada)

  • 2 Pares de Meias de montanhismo.

  • Botas de montanhismo.

  • Polainas.

  • 1 Almoço.

  • 1 Jantar

  • 1 Pequeno - Almoço.

  • Material de higiene pessoal: Escova e pasta de dentes, toalha e chinelos de banho, shampoo e gel de banho.

 Rota das Minas do Círio e Rota da Caniça

Rota das Minas do Círio e Rota da Caniça

Data: 24 de Janeiro a partir das 21h no alojamento para evitar a viagem de madrugada no Sábado, 25 e 26 de Janeiro de 2020

Data limite de inscrição: 15 de Dezembro 2019. Após esta data não será garantido a pernoita no alojamento, nem as refeições, sendo da responsabilidade do(a) participante.

Número mínimo de participantes, para que a actividade se realize : 5

Número máximo de participantes : 10

Solicitar a inscrição para o email trilhosecumes@gmail.com

ROTA DAS MINAS DO CÍRIO

Este percurso terá início em Valezim, passando num vale encaixado na encosta ocidental da Serra da Estrela. A povoação é rica em história, evidenciando um conjunto variado de monumentos e ruínas de um antigo complexo mineiro.

Na aldeia, o património edificado sobressai a pitoresca capela de São Domingos, o solar da família Castelo Branco, o pelourinho e a igreja de Nossa Senhora do Rosário, de raiz medieval.

A paisagem é marcada por contrastes acentuados, predominando matas de pinheiros e castanheiros, campos agrícolas em socalcos e habitats ribeirinhos.

O caminho florestal leva-nos às minas do Círio, um antigo complexo de exploração onde eram extraídos o volfrâmio e o estanho, nos tempos da Segunda Guerra Mundial

Património Natural:

  • Ribeira de Valezim

  • Poço das Lajes

Património Histórico - Cultural:

  • Igreja de Nossa Senhora do Rosário

  • Capela de São Domingos

  • Caminho medieval

  • Solar da Família Castelo Branco

  • Fonte quinhentista

  • Pelourinho

  • Minas do Círio

  • Moinhos Hidráulicos

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Circular

  • Início e fim do percurso: Estrada Nacional 231 (Junto às piscinas)

  • Distância: 7 Quilómetros

  • Duração aproximada: 2h30m

  • Grau de dificuldade: Algo difícil

  • Desnível acumulado: +504 metros /-504metros

  • Altitude mínima: 400 metros

  • Altitude máxima: 712 metros

ROTA DA CANIÇA

Este percurso desenvolve-se ao longo do Vale da Ribeira da Caniça, onde a paisagem e dominada por Soutos, Pinhais, Matos e afloramentos rochosos.

Esta caminhada merece um destaque especial ao souto da Lapa, um bosque de castanheiros centenários que suportam uma elevada diversidade de espécies de fauna e de flora, algumas das quais de ocorrência rara em Portugal.

Merecem também destaque as quedas da Caniça, os famosos Cornos do Diabo, o buraco do Sumo, onde a água corre de forma subterrânea.

Património Natural:

  • Souto

  • Praia Fluvial

  • Quedas da Caniça

  • Cornos do Diabo

  • Buraco do Sumo

Património Histórico-Cultural:

  • Ponte da Caniça

  • Capela da Nossa Senhora do Amparo

  • Infraestruturas hidroeléctrias

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Circular

  • Início e fim do percurso: Lapa dos Dinheiros (Igreja Matriz)

  • Distância: 7 Quilómetros

  • Duração aproximada: 2h45 minutos

  • Grau de dificuldade: Algo difícil

  • Desnível acumulado: + 471 metros / - 471 metros

  • Altitude mínima: 622 metros

  • Altitude máxima: 922 metros

PREÇO INDIVIDUAL : 100 €

O que está incluído ?

  • Acompanhamento técnico do monitor de montanhismo e escalada devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, com 22 anos de experiência.

  • Visita ao Centro de Interpretação do Geopark Mundial da Serra da Estrela

  • 2 Noites em alojamento nas Penhas da Saúde, em camaratas.

  • 2 Pequenos-almoços

  • 1 Jantar

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais durante a actividade.

Nota: Entre os participantes poderá ser combinado um sistema de boleias para minimizar os custos de deslocação até à Serra da Estrela.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL OBRIGATÓRIA PARA SUA SEGURANÇA E CONFORTO:

  • Gorro ou passa-montanhas

  • Saco-Cama

  • Bastões de caminhada

  • Protector solar, labial.

  • Óculos de sol

  • 1 Impermeável/Corta vento

  • 1 Polar

  • 1 Polar suplente

  • 1 Par de Luvas Polares

  • 2 T-shirt´s térmicas ou normais do dia-a-dia

  • Calças de montanhismo/Pedestrianismo

  • 2 Pares de meias de pedestrianismo (caminhadas)

  • Botas de pedestrianismo (caminhadas) / montanhismo

  • 1 Cantil de 1,5 Lt ou uma Garrafa de 1,5 Lt

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • 2 Almoços ( Sandes, Fruta, sumos, ao critério de cada participante)

  • Material de Higiene Individual: Escova e pasta de dentes, chinelos para banho, toalha de banho, desodorizante, etc.

  • Muda de roupa interior para 2 dias.

  • Roupa de pernoita

Trekking até ao Acampamento Base do Annapurna

Trekking até ao Acampamento Base do Annapurna

Aventure-se connosco e conheça paisagens com montanhas e vales de cortar a respiração no Nepal, o paraíso dos montanhistas. Esta marcha de montanha (trekking) vai levar-vos ao acampamento base do Annapurna, pertencente às famosas 14 montanhas com mais de 8000 metros de altitude. Não só veremos esta montanha, como outras de 6000 metros a 8000 metros de altitude durante a nossa marcha de montanha ( trekking ). Passaremos por florestas, rios, e lodges - nome dos refúgios onde iremos pernoitar - Em Kathmandu também iremos visitar e percorrer as famosas ruas e lojas de Thamel, parte turística de Kathmandu, de onde as expedições partem para a conquista dos cumes mais altos do Mundo. Uma aventura inesquecível que ficará para sempre na sua memória. Saia da sua zona de conforto, e participe numa aventura única, num País extraordinário.

Número mínimo de participantes: 3.

Número máximo de participantes: 6.

Data limite para pré-reservar o lugar na actividade: 31 - 10 -2019 . Consultar o plano de pagamento mais abaixo.

Kathmandu.jpg


ITINERÁRIO

1º Dia: ( Deverá sair de Portugal, 24 horas antes da chegada a Kathmandu, Nepal)

Chegada a Kathmandu,, Aeroporto Internacional Tribhuvan - 1350 metros de altitude e transfer para o hotel.

Iremos encontrar-mo-nos com os restantes elementos da organização na chegada ao aeroporto , onde nos levarão em transporte privado até ao Hotel em Thamel. Nesta localidade em Kahtmandu, poderemos encontrar muitas lojas, bares, restaurantes. A pernoita neste Hotel está incluída na actividade.

2º Dia: Viagem em viatura até Bhulbhule - 845 metros de altitude - a 200 Quilómetros a Oeste de Kathmandu

O nosso primeiro dia de marcha de montanha (trekking) inicia-se de madrugada após o pequeno - almoço e vamos em autocarro até Bhulbhule. O trajecto passa ao longo do Rio Trishuli até Pokhara, e de seguida em direcção a Norte para Besisahar, terminando em Bulbhule, localizado perto do Rio Marsyangdi.

Através do topo conseguimos observar o fantástico cenário natural de vilas, e os cumes nevados das montanhas Ganesh e Manaslu. Na vila de Bhulbhule registaremos as nossas permissões de trekking.

A pernoita será no lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

3º Dia : Bulbhule até Jagat - 1300 metros de altitude. Duração: 5 horas.

Após o pequeno-almoço, damos inicio à nossa marcha de montanha (trekking), dando os primeiros passos no trilho. A rota apresenta-nos um trilho através da floresta, ao longo do Rio Marsyangdi. O almoço será durante o percurso e passaremos por paisagens com terrenos agrícolas e quintas, onde chegaremos a Jagat. Iremos pernoitar no refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

jagat-village-annapurna-cir.jpg



4º Dia: Jagat até Dharapani - 1860 metros de altitude. Duração: 5 horas.

Após o pequeno-almoço, seguiremos o trilho ao longo do Rio Marsyangdi, após uma pronunciada passagem rochoso entraremos na Região Manang. Aqui veremos enormes quedas de água que formam um rio com praias. Seguiremos o trilho através de campos de arroz e batatas e pela Vila de Kodo, que é uma das maiores vilas da região de Manang. Passaremos uma ponte suspensa, e após uma pequena subida, chegamos a Dharapani. Passaremos a noite no refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

dharapani.jpg

5º Dia: Dharapani até Chame - 2610 metros de altiude. Duração: 6 Horas.

Sairemos depois do pequeno-almoço, e seguiremos pelo trilho através de uma floresta de pinheiros, carvalhos e abetos, até Chame, capital do distrito de Manang. Estaremos rodeados por florestas e paisagens marcantes para as montanhas Lamjung Himal, Annapurna Ii e o Annapurna IV ( 7525 metros de altitude). A pernoita será em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

chame-village-nepal-annapurna-circuit-trek-72644814.jpg

6º Dia: Chame até Pisang - 3115 metros de altitude. Duração de 6 horas.

Terminado o pequeno-almoço, seguiremos o trilho através de um vale e teremos como primeira paisagem uma maciça parede rochosa, considerada sagrada pelos locais, Paungda Danda, uma parede curva 1500 metros acima do rio. Daqui conseguiremos ver o Annapurna II a Sul e a Nordeste Pisang Peak. Chegaremos a Pisang através do Vale Manang. A pernoita será em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Pisang_village_in_Nepal.jpg

7º Dia: Pisang até Manang - 3540 metros de altitude Duração: 5 horas.

Após o pequeno-almoço, passaremos através da vila, via Geru. Seguiremos por este trilho, pois oferece-nos paisagens fantásticas para as faces Norte das montanhas Annapurna II, III, IV, Gangapurna, Tilicho e Pisang Peak. Conforme vamos subindo, sentiremos ainda mais o frio. Teremos a oportunidade de conhecer mais um pouco a cultura Budista numa pequena visita ao Mosteiro Barge, o maior em Manang. O trilho segue por mais mosteiros até chegarmos a Manang.

A pernoita será num refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Serene-Manang.jpg

8º Dia: Dia de aclimatação em Manang - 3540 metros de altitude

Para que o nosso organismo se habitue à altitude, este dia servirá para explorarmos Manang. De manhã cedo iremos até ao Lago Gangapurna e ao acampamento base do Annapurna III entre outras ao seu redor. Durante este dia iremos visitar outros mosteiros e também a Associação Himalaya Rescue para uma palestra sobre o mal de altitude, os seus sintomas e prevenção. Passaremos a noite no refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Manang_village.jpg

 9º Dia: Manang até Yak Kharka - 4050 metros de altitude. Duração 3 a 4 horas.

Desde Manang subiremos até à Vila Tenki e sairemos do Vale de Marshyangd e entramos no Vale Jar Sang Khola. Este vale sobe gradualmente, passando por pequenas pastagens e zimbros. Seguiremos o trilho passando por uma pequena aldeia de seu nome Gunsan, com casas de telhados feitos em lama e com pastores de yaks. Depois de passarmos por uma ponte em madeira, subiremos até ao fantástico vale onde se encontra o nosso destino de hoje, Yak Kharka. Passaremos a noite num refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

yak karkha.jpg

10º Dia: Yak Kharka até Thorong Phedi - 4525 metros de altitude. Duração 4 a 5 horas.

Após o pequeno-almoço, seguiremos o nosso caminho, passando por Thorong La Pass. Subiremos por uma aresta e baixaremos até à ponte de madeira para atravessarmos o Rio Marsyangdi. Após esta passagem seguiremos o trilho até Thorung Phedi. Um local sem habitantes, terreno duro, muito diferente do que atravessamos nos dias anteriores. Iremos pernoitar no refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

thorung.jpg

11º Dia: Thorong Phedi até ao templo Muktinah - 3760 metros de altitude, e durante o percurso subimos até Thorung La Pass a 5416 metros de altitude. Duração: 9 horas.

Este é o dia mais desafiador de todo o percurso. Subiremos a Thorong La Pass, uma das mais altas passagens do Mundo, e o ponto mais alto de todo o trekking, para tal teremos que acordar mais cedo que os outros dias, para concluirmos com sucesso esta etapa. Teremos que suportar a falta de oxigénio, mas seremos brindados com uma paisagem extraordinária, valendo todo o esforço e privação do sono que temos. Veremos um panorama da cordilheira montanhosa dos Himalaias até ao Tibete e os cumes principais do Annapurna. Desceremos de seguida até Muktinah, um local sagrado para Hindus e Budistas. Os Budistas chamam-no de Chuming Gyatsa, que significa em Tibetano “ 100 Águas”. Iremos pernoitar no refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

thorung la pass.jpg
Vishnu-temple-at-Muktinath.jpg

12º Dia: Muktinah até Jomson - 2720 metros de altitude. Duração: 5 horas.

Visitaremos o templo que outrora fora um destino dos peregrinos Hiundus e Budistas. O templo tem presença Budista e Hindu, com 108 lugares para banhos. Após esta pequena visita, desceremos o vale e perderemos altitude até chegarmos ao Vale do Rio Gandaki, inicio do percurso até Jomson, capital do distrito de Mustang. O mercado de Jomson é um local bem diferente do que vimos nas aldeias e vilas nos dias anteriores. Em Jomson podemos descansar ou visitar este mercado. Iremos pernoitar no refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

jomsom-muktinath-trek26.jpg


13º Dia: Jomson de autocarro até Tatopani - 1200 metros de altitude. Duração: 5 a 6 horas

O dia de hoje será uma pausa na marcha de montanha (trekking). Iremos de autocarro até Tatopani. Será um longo percurso através dos vales mais profundos do Mundo. Iremos dos altos planaltos áridos até às florestas verdejantes. Tatopani é um lugar famoso e natural , com paisagens deslumbrantes e onde podemos entrar em pequenos lagos e relaxar dentro deles. Iremos passar a noite no refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

tatopani.jpg

14º Dia: Tatopani até Ghorepani - 2860 metros de altitude. Duração: 6 a 7 horas

Partiremos em direcção a Este do Rio Kali Gandaki. Subiremos até Ghorepani através das vilas de Sikha e Chitre, vilas da etnia Thakali. Seguiremos o nosso caminho, tendo como paisagens pequenas quintas tendo em seu redor montanhas nevadas. Iremos pernoitar em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço, jantar, na bonita aldeia de Ghorepani, localizada no topo de uma aresta.

Ghorepani-Village-Dhaulagiri-mountain.jpg

15º Dia: Trekking até Ponn Hill - 3210 metros de altitude. Duração 45 minutos, depois trekking do Nayapul - 1050 metros de altitude. Duração: 6 horas. Viagem em autocarro até Pokhara. Duração 1 hora e 30 m.

Será o nosso último dia de trekking. A alvorada será mais cedo, para subirmos até Poon Hill, para que possamos ver o nascer-do-sol no cume das montanhas dos Annapurnas, Dhaulagiri, Fishtail, Manaslu. Um local onde certamente ficará gravado na sua memória, para o resto da sua vida. Após a visita a Poon Hill, regressaremos ao refúgio em Ghorepani, para tomarmos o pequeno-almoço. Finalizado o pequeno-almoço, seguiremos o trilho até Nayapul, onde iremos apanhar um autocarro para Pokhara. Iremos pernoitar em refúgio na vila de Pokhara, com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Poon hill.jpg

.16º Dia: Viagem de autocarro de Pokhara até Kathmandu - 1350 metros de altitude. Duração: 6 a 7 horas.

Finalizado o pequeno-almoço partiremos em autocarro até à capital do Nepal, Kathmandu. Serão 200 quilómetros através das margens dos Rios Marsyangdi e do Trishuli. Iremos pernoitar em Hotel em Kathmandu, com pequeno-almoço incluído.

nepal-kathmandu.jpg
Kathmandu.jpg

17º Dia: Transfere privado do Hotel para o Aeroporto International Tribhuvan de Katmandu

Regresso a Portugal. Iremos em transfere privado desde o Hotel até ao Aeroporto de Kathmandu.

A viagem até à cidade de origem ( Portugal ) demorará 24 horas.

 PREÇO INDIVIDUAL E PLANO DE PAGAMENTO:

  • 1990 € . Não inclui os voos de Portugal - Nepal - Portugal. Reservamos os voos para si. Quanto mais cedo reservar os voos, mais baixo o preço.

  • PRÉ - RESERVA : 20% ( 398 € + O valor dos voos ) até ao dia 31 -10 - 2019

  • 2ª PRESTAÇÃO : 30 % (597 € ) até 60 dias antes da partida, 31 - 1 - 2020

  • 3ª PRESTAÇÃO : 50 % ( 995 € ) até 30 dias antes da partida, 28 -2 -2020

Solicita a tua ficha de inscrições através do email trilhosecumes@gmail.com

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após a inscrição na actividade. (Vestuário e equipamento)

O QUE ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Acompanhamento técnico do Guia de Montanha Profissional Português durante a actividade ( Nota: se os participantes forem só 2 na actividade, não inclui Guia de Montanha Profissional Português, sendo os participantes integrados num grupo internacional e com Guia de Montanha Profissional Nepalês )

  • Transporte privado de Kathmandu para Bhulbhule

  • Transporte privado para Nayapul.

  • Transporte privado para Pokhara.

  • Transporte privado de Jomson para Tatopani.

  • Transporte privado de Pokhara para Kathmandu.

  • 2 Noites em Hotel de 3 estrelas com pequeno-almoço em Kathmandu. (Quarto duplo).

  • 1 Noite em Hotel na localidade de Pokhara, com pequeno-almoço

  • 13 Noites em Refúgios/Lodges durante o Trekking (Quarto duplo)

  • 14 Pequenos-Almoços

  • 14 Almoços

  • 13 Jantares

  • 1 Carregador (elemento da organização que transporta o vestuário e outro material de cada participante na actividade. 9 Quilos no máximo por cada participante)

  • Alojamento, Seguro, Refeições, Salários dos Carregadores.

  • Licença de Conservação e Permissão de Trekking da Região do Annapurna.

  • Óximetro para prevenção e monitorização do oxigénio no sangue, para prevenção do mal de altitude.

  • Kit Médico.

  • Certificado de chegada ao Acampamento Base do Annapurna.

  • Jantar de despedida em Kathmandu com a organização.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ? 

  • Voo de Portugal - Kathmandu - Portugal (Sob consulta. quanto mais rápido reservar o lugar na actividade e solicitar-nos a reserva nos voos, mais barato serão os bilhetes de avião)

  • Visto Turístico de Entrada no Nepal ( Solicitar na embaixada no Nepal, o visto de entrada para 30 dias no mínimo, pergunte-nos como o fazer )

  • Taxa de excesso de bagagem para os carregadores ( Máximo 9 Quilos por participante)

  • Almoços e Jantares em Kathmandu antes e depois do Trekking, excepto o jantar de despedida com a organização em Kathmandu.

  • Noites extra em Kathmandu

  • Despesas pessoais ( Compras, Internet, Álcool, bebidas durante as refeições, duches de água quente, carregamento de bateria de telemóvel, chamadas telefónicas)

  • Vestuário e Equipamento Pessoal

  • Oferta monetária aos carregadores

  • Custos adicionais provocando atrasos causados por deslizamento de terras, condições meteorológica.

  • TODAS AS DESPESAS QUE NÃO ESTEJAM DESCRIMINADAS NA SECÇÃO “ O que está incluído ? “



III Trekking até ao Acampamento Base do Everest e Kala Patthar 5545 metros de Altitude

III Trekking até ao Acampamento Base do Everest e Kala Patthar 5545 metros de Altitude

Aventure-se connosco e conheça paisagens com montanhas e vales de cortar a respiração no Nepal, o paraíso dos montanhistas. Irá percorrer trilhos fantásticos encaixados em profundos vales, rodeados de montanhas nevadas com mais de 6000 metros de altitude, partilhar os trilhos com os fantásticos yaks, degustar o queijo de nyak (fêmea de yak), frequentar e pernoitar nos característicos lodges, atravessar pontes localizadas a centenas de metros acima dos rios, uma ascensão a uma montanha com 5545 metros de altitude, panoramas fantásticos para o Pumori, Everest, Nuptse e visita ao acampamento base do Everest, onde as expedições montam o seu acampamento base, para escalar o colossal Everest. 

Número mínimo de participantes: 3.

Número máximo de participantes: 6.

Data limite para pré-reservar o seu lugar: 25 - 12 - 2019 . Consultar mais abaixo o plano de pagamento.

Fotos Samuel Passos/Trilhos e Cumes. Todos os direitos reservados. All Rights Reserved.

São muitas as razões para que venha participar nesta aventura de uma vida. Não fique em casa e reserve já o seu lugar.

ITINERÁRIO

1º Dia

  • Chegada a Kathmandu ( Deverá sair de Portugal, 24 horas antes da chegada a Kathmandu, Nepal)

  • Transfer para Hotel em Kathmandu.

20190514_053118.jpg

2º Dia

  • Pequeno - Almoço no Hotel (Poderá ser uma "box" com pequeno-almoço, pois iremos partir cedo para Lukla, de avião)

  • Transfer do Hotel para o Aeroporto onde iremos voar para Lukla - 2840 metros de altitude.

  • Marcha de Montanha (trekking) de Lukla para Phakding - 2610 metros de altitude

  • Pernoita no lodge (refúgio de montanha) Buddha Lodge em Phakding com almoço e jantar.

20190501_072514.jpg

3º Dia

  • Pequeno - Almoço no Buddha Lodge em Phakding

  • Marcha de Montanha (trekking) de Phakding até Namche Bazar com almoço durante a marcha de montanha no lodge (refúgio de montanha) Friendship Lodge.

  • Pernoita em Namche Bazar - 3440 metros de altitude - no lodge (refúgio de montanha) Hotel Tibet e jantar.


20190503_030101.jpg

4º Dia

  • Pequeno - Almoço no Hotel Tibet

  • Dia de aclimatação em Namache Bazar, com visita ao monumento de Tenzing Norgay, o primeiro Sherpa a escalar o Everest e subida ao Everest View a 3880 metros de altitude, onde será possível visualizar o imponente Everest. Descida a Namache Bazar para o almoço e jantar no Hotel Tibet.

20190503_053151.jpg
A caminho do Everest View, a 3880 metros de altitude, no dia de aclimatação em Namche Bazar.

A caminho do Everest View, a 3880 metros de altitude, no dia de aclimatação em Namche Bazar.

5º Dia

  • Pequeno-Almoço no Hotel Tibet em Namche Bazar

  • Marcha de Montanha (trekking) de Namache Bazaar para Tengboche, a 3860 metros de altitude, com almoço durante a marcha de montanha num lodge (refúgio de montanha) na aldeia Phungi Thanga a 3250 metros de altitude.

  • Passagem pelo mosteiro budista de Tengboche a 3860 metros de altitude, jantar com pernoita em Deboche, a 3820 metros de altitude, no lodge (refúgio de montanha) Paradise.

Mosteiro budista em Tengboche, a 3860 metros de altitude

Mosteiro budista em Tengboche, a 3860 metros de altitude

Rodas de oração, no mosteiro budista em Tengboche.

Rodas de oração, no mosteiro budista em Tengboche.

6º Dia

  • Pequeno - almoço no lodge (refúgio de montanha) Paradise

  • Almoço volante durante a marcha de montanha

  • Marcha de montanha (trekking) de Deboche para Periche

  • Jantar no lodge (refúgio de montanha) Pumori, em Periche a 4240 metros de altitude

  • Pernoita no lodge (refúgio de montanha) Pumori Lodge

7º Dia

  • Pequeno - Almoço no logde (refúgio de montanha) Pumori

  • Dia de aclimatação em Periche, com subida aos 4500 m, com vista para as emblemáticas montanhas Ama Dablam (6814 metros de altitude) e Island Peak (6189 metros de altitude)

  • Almoço, Jantar e Pernoita no lodge (refúgio de montanha) Pumori

65034168_2339986066249502_8522911867864088576_n.jpg
Dia de aclimatação em Periche, com subida aos 4500 metros de altitude. Entre as nuvens o emblemático Ama Dablam, com 6814 metros de altitude.

Dia de aclimatação em Periche, com subida aos 4500 metros de altitude. Entre as nuvens o emblemático Ama Dablam, com 6814 metros de altitude.

65259150_429236041139446_656165368108154880_n.jpg

8º Dia

  • Pequeno-almoço no lodge (refúgio de montanha) Pumori

  • Almoço volante durante a marcha de montanha

  • Marcha de montanha de Periche com passagem em Tokla Pass a 4830 metros de altitude onde estão situados os shortens (memoriais de pedra, aos alpinistas/himalaistas que morreram na escalada do Everest, tais como Scott Fischer, uma das vitímas do acidente de 1996) e chegada a Lobuche, a 4910 metros de altitude.

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

65101353_2256209557830279_2653958337711833088_n.jpg
Shorten (memorial) de Scott Fischer, uma das vitimas do Everest, no ano de 1996, que é representado no filme Everest. Tirada em Thokla Pass a 4830 metros de altitude.

Shorten (memorial) de Scott Fischer, uma das vitimas do Everest, no ano de 1996, que é representado no filme Everest. Tirada em Thokla Pass a 4830 metros de altitude.

Uma das poucas casas da aldeia de Lobuche.

Uma das poucas casas da aldeia de Lobuche.

9º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

  • Marcha de montanha (trekking) de Lobuche até Gorak Shep, a 5140 metros de altitude e Acampamento Base do Everest.

  • Almoço volante durante a marcha de montanha (trekking)

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Buddha

65039694_396098251005848_6253919437531906048_n.jpg
65034905_1353649204792704_2733126353187504128_n.jpg
65743269_491764811365442_8993349759032885248_n.jpg
65748397_463941337753187_5265001181813407744_n.jpg

10º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanah) Buddha

  • Ascensão à montanha Kala Patthar, com 5545 metros de altitude

  • Almoço, Jantar e pernoita no lodge(refúgio de montanha) Buddha

65393200_2079241779045458_7989016758314860544_n.jpg
64742502_200765727507245_2998362883185704960_n.jpg
65286004_1236136396566505_6730750202837204992_n.jpg

11º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Buddha

  • Marcha de montanha até Lobuche.

  • Regresso a Lobuche com almoço volante

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

12º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

  • Marcha de montanha de Lobuche para Periche

  • Almoço volante durante a marcha de montanha

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Pumori, em Periche

13º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Pumori, em Periche

  • Marcha de montanha (trekking) de Periche até Namache Bazar

  • Almoço volante durante a marcha de montanha (trekking)

  • Jantar e pernoita no Hotel Tibet, em Namache Bazaar

Memorial aos mortos no Everest, desde as primeiras expedições, na aldeia de Periche.

Memorial aos mortos no Everest, desde as primeiras expedições, na aldeia de Periche.

14º Dia

  • Pequeno - Almoço no Hotel Tibet

  • Marcha de montanha (trekking) de Namache Bazaar para Lukla

  • Almoço no lodge (refugio de montanha) Buddha, em Pakding

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Himalaya em Lukla

15º Dia

  • Pequeno - Almoço volante ( terá que ser cedo para, para voarmos no primeiro avião de Lukla para Kathmandu)

  • Voo Lukla - Kathmandu

  • Transfer do Aeroporto para o Mandala Boutique Hotel

  • Jantar de despedida em restaurante local

  • Pernoita no Mandala Boutique Hotel

16º Dia

  • Pequeno - Almoço volante no Mandala Boutique Hotel

  • Transfer para o Aeroporto

  • Voos de regresso a casa ( Deverá contar com 24 horas de viagem de regresso a casa) 

PREÇO INDIVIDUAL E PLANO DE PAGAMENTO:

  • 1990 € . Não inclui os voos de Portugal - Nepal - Portugal. Reservamos os voos para si. Quanto mais cedo reservar os voos, mais baixo o preço.

  • PRÉ - RESERVA : 20% ( 398 € + O valor dos voos ) até ao dia 25 -12 - 2019

  • 2ª PRESTAÇÃO : 30 % (597 € ) até 60 dias antes da partida, 28 - 2 - 2020

  • 3ª PRESTAÇÃO : 50 % ( 995 € ) até 30 dias antes da partida, 27 - 3 -2020

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após a inscrição na actividade. (Vestuário e equipamento)

O QUE ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Acompanhamento técnico, por um guia de montanha profissional português.

  • Seguro, Assistência médica e resgate por helicóptero se tal for necessário.

  • Equipa de expedição (1 carregador por 2 participantes)

  • Hotel em Katmandu, com pequeno-almoço

  • Todas as permissões, taxas e bilhetes

  • Viagem de avião Kathmandu-Lukla-Kathmandu

  • Acomodação em lodge durante a actividade

  • 3 refeições diárias pequeno-almoço, almoço e jantar, durante a actividade, nos lodges.

  • Transferes privados de e para o aeroporto e hotel

  • Jantar de despedida em Kathmandu, com a organização.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ? 

  • Voo de Portugal - Kathmandu - Portugal (Sob consulta. quanto mais rápido reservar o lugar na actividade e solicitar-nos a reserva nos voos, mais barato serão os bilhetes de avião)

  • Visto Turístico de Entrada no Nepal ( Solicitar na embaixada no Nepal, o visto de entrada para 30 dias no mínimo )

  • Taxa de excesso de bagagem para os carregadores ( Máximo 9 Quilos por participante)

  • Almoços e Jantares em Kathmandu antes e depois do Trekking, excepto o jantar de despedida com a organização.

  • Noites extra em Kathmandu

  • Despesas pessoais ( Compras, Internet, Álcool, bebidas durante as refeições, duches de água quente, carregamento de bateria de telemóvel, chamadas telefónicas)

  • Vestuário e Equipamento Pessoal

  • Oferta monetária aos carregadores

  • Custos adicionais provocando atrasos causados por deslizamento de terras, condições meteorológica.

  • TODAS AS DESPESAS QUE NÃO ESTEJAM DESCRIMINADAS NA SECÇÃO “ O que está incluído ? “

Rota Ribeira de Alvoco e Rota da Missa

Rota Ribeira de Alvoco e Rota da Missa

Data: 22 de Maio a partir das 21h no alojamento para evitar a viagem de madrugada no Sábado, 23 e 24 de Maio de 2020

Data limite de inscrição: 15 de Abril 2020. Após esta data não será garantido a pernoita no alojamento, nem as refeições, sendo da responsabilidade do(a) participante.

Número mínimo de participantes, para que a actividade se realize : 5

Número máximo de participantes : 10

Solicitar a inscrição para o email trilhosecumes@gmail.com

ROTA DA RIBEIRA DE ALVOCO

Este percurso passa um vale entre a Serra do Açor e da Serra da Estrela, ligando Alvoco da Serra e Vide. Na paisagem observam-se locais que comprovam o passado agro-pastoril dos habitantes do vale, onde destacam-se a singularidade dos poços de broca, locais esses onde o curso da ribeira fora desviado.

O trajecto será por um vale sinuoso e extenso, onde outrora era a principal via de comunicação entre as povoações dispersas ao longo deste extraordinário vale. A paisagem é marcada por pinhais, matos e áreas agrícolas.

Não esquecer também, os aluviões , presentes nas ribeiras e nos terrenos dispostos em socalcos, o lagar Vara da Barroca Escura, os Poços de Broca, as levadas e os muros em pedra para protecção dos campos agrícolas, em caso de cheias.

De destacar também, ao longo das margens, os bosquetes de azereiro e azevinho, marcados pela sua exuberância da folhagem e biodiversidade que suportam.

Património Natural:

  • Vale da Ribeira de Alvoco

  • Depósitos aluviais

  • Meandros da Ribeira

  • Poço do Lagar

Património Histórico - Cultural:

  • Socalcos agrícolas

  • Poços de broca do Aguincho, Frádigas, Barriosa e Muro.

  • Ruínas do Lagar Vara da Barroca Escura

  • Moinhos Hidráulicos

  • Levadas de Rega

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Linear

  • Início e fim do percurso: Alvoco da Serra (Capela de Santo António) e Vide (Igreja Matriz)

  • Distância: 17 Quilómetros

  • Duração aproximada: 6h30m

  • Grau de dificuldade: Difícil

  • Desnível acumulado: + 214 metros /- 587 metros

  • Altitude mínima: 292 metros

  • Altitude máxima: 682 metros

ROTA DA MISSA

Este percurso passa por um caminho antigo que assegurava a ligação entre as povoações do Vale da Ribeira da Teixeira.

O nome deste percurso pedestre, resulta do caminho que os antigos habitantes faziam no passado, para assistirem à missa dominical na Capela de Nossa Senhora da Conceição, em Teixeira.

Este caminho de relevo acidentado, é dominado por campos agrícolas instalados em socalcos, matos de giestas, manchas de medronheiros e pinhais.

Podemos observar durante este singular percurso, arquitectura de carácter popular o casario em xisto das aldeias, o lagar Vara de Teixeira, muros de xisto em paralelo à ribeira, protegendo os campos, alambiques para a destilação do medronho.

Património Natural:

  • Ribeira da Teixeira

  • Meandros fluviais

Património Histórico-Cultural:

  • Lagar de vara de azeite

  • Alambiques

  • Socalcos agrícolas

  • Forno comunitário

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Linear

  • Início e fim do percurso: Teixeira (Associação dos Amigos de Teixeira)

  • Distância: 5 Quilómetros

  • Duração aproximada: 2h

  • Grau de dificuldade: Fácil

  • Desnível acumulado: + 230 metros / - 421 metros

  • Altitude mínima: 426 metros

  • Altitude máxima: 602 metros

PREÇO INDIVIDUAL : 100 €

O que está incluído ?

  • Acompanhamento técnico do monitor de montanhismo e escalada devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, com 22 anos de experiência.

  • Visita ao Centro de Interpretação do Geopark Mundial da Serra da Estrela

  • 2 Noites em alojamento nas Penhas da Saúde, em camaratas.

  • 2 Pequenos-almoços

  • 1 Jantar

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais durante a actividade.

Nota: Entre os participantes poderá ser combinado um sistema de boleias para minimizar os custos de deslocação até à Serra da Estrela.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL OBRIGATÓRIA PARA SUA SEGURANÇA E CONFORTO:

  • Gorro ou passa-montanhas

  • Saco-Cama

  • Bastões de caminhada

  • Protector solar, labial.

  • Óculos de sol

  • 1 Impermeável/Corta vento

  • 1 Polar

  • 1 Polar suplente

  • 2 T-shirt´s térmicas ou normais do dia-a-dia

  • Calças de montanhismo/Pedestrianismo

  • 2 Pares de meias de pedestrianismo (caminhadas)

  • Botas de pedestrianismo (caminhadas) / montanhismo

  • 1 Cantil de 1,5 Lt ou uma Garrafa de 1,5 Lt

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • 2 Almoços ( Sandes, Fruta, sumos, ao critério de cada participante)

  • Material de Higiene Individual: Escova e pasta de dentes, chinelos para banho, toalha de banho, desodorizante, etc.

  • Muda de roupa interior para 2 dias.

  • Roupa de pernoita

Denali, 6190 metros de altitude

Denali, 6190 metros de altitude

BREVE DESCRIÇÃO:

Denali ou McKinley como também é conhecido. Para os nativos do Alaska é conhecido por Athabascans. Situa-se na cordilheira do Alaska, a 627 Quilómetros do Circo Polar Ártico. É a montanha mais alta da América do Norte.

Faremos a ascensão a esta peculiar montanha através da via West Buttress.

Foi escalada pela primeira vez em 1913 pela via norte da Aresta Karstens, pelos montanhistas Karstens Stuck, Harper and Tatum. Até 1951, não foram abertas outras vias até ao cume e muito poucos chegaram ao cume, até que Bradford Washburn e a sua equipa conseguiram com sucesso chegar ao cume através da via West Buttress.

ITINERÁRIO:

Dia 0:

Esteja preparado(a) para uma inspecção ao equipamento e uma pequena reunião no Hotel Anchorage, às 14h:00m. Finalizada a inspecção e a pequena reunião, vamos realizar alguma compra de material de última hora, caso seja necessário, bem com recordações para familiares e amigos e aproveitar para comprar alimentos frescos. Haverá um jantar opcional num restaurante local.

Dia 1:

Partida para Talkeetna, em transporte. A viagem durará cerca de duas horas e meia com uma paragem. Ao chegarmos a Talkeetna, faremos o chek-in  no Parque Natural do Alaska, sob a orientação de um Ranger do parque. Depois do chek in vamos almoçar na cidade e preparar o equipamento para a viagem de avião. Teremos que estar despachados a tempo para voar até ao Denali e montarmos o acampamento base, a 2194 metros de altitude durante a tarde, no Southeast Fork do glaciar Kahiltna. No glaciar iremos decidir a disposição do acampamento base, procedimentos da tenda refeitório e as funções de cada membro da actividade.

Dia 2:

Depois do pequeno-almoço, utilizaremos os nossos trenós para transporte do material e partiremos em direcção ao acampamento 1 a 2378 metros de altitude.

Dia 3:

O dia será para carregar material até perto de Kahiltna Pass, a 3048 metros de altitude e regressaremos para pernoitar no acampamento 1.

Dia 4:

Iremos partir em direcção ao acampamento 2 com material, abaixo de Motorcycle Hill a 3413 metros de altitude.

Dia 5:

Pequena progressão no terreno para o processo de aclimatação uns metros mais acima e retornaremos ao acampamento 2.

Dia 6:

Iremos transportar material até Windy Corner a 4145 metros de altitude e regressaremos ao acampamento 2.

Dia 7:

Iremos até ao acampamento 3 a 4328 metros de altitude. A esta altitude seremos brindados com paisagens excepcionais e únicas do Mt Hunter, Mt Foraker e um incrível por-do-sol em toda a cordilheira montanhosa do Alaska.

Dia 8:

Iremos descer até Windy Corner a 4145 metros de altitude.

Dia 9:

Dia de descanso. Neste dia no acampamento, iremos praticar os procedimentos de utilização das cordas fixas e passagens em segurança entre secções de cordas fixas, para realizamos a ascensão ao cume.

Dia 10:

Carregamento de material até aos 4937 metros de altitude, abaixo do início das cordas fixas. As cordas fixas serão colocadas na encosta da montanha numa extensão de 245 metros e com uma inclinação de 50 a 55 graus de gelo. Esta vertente inclinada é conhecida por "The Headwall". Acima da "Headwall" está a aresta West Buttress, que nos leva até ao denominado High Camp a 5242 metros de altitude.

Dia 11:

Dia de descanso.

Dia 12:

Iremos até ao High Camp a 5242 metros de altitude. Este será um dia bastante duro e longo. Aqui já não teremos que puxar trenós com a nossa carga, mas teremos que colocar o equipamento necessário nas nossas mochilas individuais, para chegarmos ao High Camp.

Dia 13:

Dia de descanso. A grande maioria dos montanhistas precisam e querem este dia de descanso, depois de terem subido ao High Camp.

Dia 14 ao 19:

Dias de "cume". O trajecto de ascensão desde o HIgh Camp até ao cume do Denali demora 14 a 18 horas e é sem dúvida o dia mais duro nesta montanha, para a grande maioria dos montanhistas. Não é fora do normal que as expedições, tenham que aguardar vários dias no High Camp, para que estejam reunidas as condições meteorológicas favoráveis para que se possa chegar ao cume. Fortes ventos e temperaturas negativas são comuns e o tempo de espera no High Camp, torna-se desconfortável, ou não fossem estas as condições da alta montanha.

Dia 19 e 20:

Estes dias são reservados para descer a montanha desde o High Camp até ao acampamento base. São dois dias inteiros dedicados à descida da montanha. É fundamental chegarmos antes das 6h:00m da manhã do dia 21 da actividade.

Dia 21:

Se as condições meteorológicas forem favoráveis, voaremos até Talkeetna. Não é fora do normal que as condições meteorológicas não sejam as mais indicadas durante 1 ou mais dias, fazendo com que o regresso a Talkteena seja fora das datas indicadas. 

Ao chegarmos a Talkteena, a maioria dos montanhistas optam por passar a noite em Talkteena e degustar um excelente jantar com os restantes montanhistas de outras expedições. Alojamento será conseguido ao chegarmos a Talkteena e os guias podem ajudá-lo(a) a reservar o transfere.

DIFICULDADE:

Difícil: Numa escala de Fácil, Média e Difícil.

PONTOS INTERESSANTES DA ACTIVIDADE:

  • Conquiste o cume mais alto da América do Norte.

  • Extraordinárias paisagens de alta montanha.

  • Actividade próxima do Circulo Polar Ártico.

  • Conhecerá uma típica cidade do Alaska.

DURAÇÃO E DATA:

21 dias de actividade efectiva, mas contar com a viagem até à localidade onde se iniciará a actividade, mais o regresso a Portugal.

30 de Maio a 19 de Junho de 2018

PREÇO INDIVIDUAL:

8800 €

Depósito de 800€ não reembolsáveis, para reservar o seu lugar na actividade.

8000 €, que podem ser pagos em duas prestações. A primeira metade até 120 dias antes da data da actividade e o restante só até 60 dias antes do dia da actividade.

Nota: Deverá ser paga uma taxa individual de permissão de escalada nos serviços do Parque Natural do Alaska de 309 € para participantes com mais de 24 anos e com menos de 24 anos 221 €

O QUE ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Enquadramento do Guia de Alta Montanha e do Guia de Montanha devidamente certificados profissionalmente.

  • Voo para e regresso da montanha, não confundir com o voo de Portugal para o Alaska e regresso a Portugal.

  • Equipamento de alpinismo colectivo: trenós, tendas, fogões de alpinismo e marmitas de montanhismo, cordas e todos os suplementos necessários para realizar em segurança e uma forte tentativa de conquista do cume.

  • Todas as refeições durante a escalada.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Viagem de avião até Anchorage, Alaska.

  • A taxa de permissão de escalada.

  • As refeições e o alojamento em Anchorage e Talkeetna.

  • Transporte de ida e volta de Talkeetna, tem o custo de 160 €

  • Material e vestuário de alpinismo.

  • Seguro de viagem, cancelamento e regaste.

  • Taxa de excesso de peso de bagagem.

  • Custos associados a uma partida forçada antes do fim da actividade.

  • Despesas extras ocorridas em Talkeetna, provocadas pelo atraso devido às condições climatéricas.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após o pagamento da actividade, sobre roupas e equipamentos individuais necessários. Respeitando cada item da lista de material e tendo o equipamento correcto, são factores essenciais para o bom desempenho no dia-a-dia da actividade, aumentando o sucesso da actividade.

PERGUNTAS FREQUENTES:

Quais os requisitos necessários para subir esta montanha ?

Convém que o participante possua experiência de actividades de alpinismo ou formação de alpinismo. Dá-se prioridade aos participantes que tenham realizado o curso de alpinismo da Trilhos e Cumes. Torna-se necessário que o(a) participante saiba progredir em glaciares, conhecimentos de resgate em crevasses, progressão com crampons e piolet, auto detenção com o piolet e que esteja apto a suportar as condições climatéricas de acampamentos invernais. 

Que nível de condição física devo ter ?

Uma excelente condição física. O(A) participante terá também que aguentar o peso de uma carga pesada às costas, puxando um trenó num ambiente com condições de frio extremo. Quanto melhor preparado fisicamente e devidamente equipado, melhor será a capacidade de suportar esta exigente actividade. Há quem se prepare para esta actividade, correndo atado a um pneu, para simular a situação de andar com um trenó. A ideia será, quanto melhor preparado(a) fisicamente e equipado(a), mais confortável será a actividade.

Qual será o peso da minha mochila e do trenó ?

Por vezes a mochila terá uma carga máxima que pode ir até os 30 Kg e o trenó pode chegar a ter um peso de 23 Kg.

Como será um dia típico nesta montanha ?

Normalmente o dia começará na cozinha de neve. Teremos que nos hidratar e comer bastante. Deixamos os acampamentos, puxando os trenós e com as mochilas às costas até ao próximo objectivo do dia. Os dias de actividade na montanha terão uma duração de 7 a 8 horas e o dia de ataque ao cume poderá ter a duração de 14 a 18 horas. Contar também que ao chegarmos a um novo campo de altitude, teremos que dispensar cerca de 1 ou 2 horas para construir paredes de neve, funcionando assim como barreira de vento, alisar o terreno para colocar as tendas, bem como a construção de uma cozinha na neve.

 Posso ficar retido(a) na montanha, é verdade ?

Sim, é verdade. Se o mau tempo surge, é possível existirem atrasos no voo do acampamento base para chegarmos ou regressarmos. Se tiver caído neve recentemente, teremos que esperar um pouco para que a neve fique mais compacta, para que o avião possa aterrar no glaciar. 

Quando vou encontrar-me com os elementos da organização ?

Assim que reservar na sua totalidade o lugar na actividade e reservar o voo, será combinado e agendado a forma do transfere de Anchorage para Talkeetna, a cidade de onde partiremos de avião para o acampamento base do Denali. Será em Talkeetna que conhecerá os elementos da organização.

Em que tipo de alojamento vou ficar em Talkeetna ?

Em casas de madeira, estilo Alpes, em regime de Bed and Breakfast, fora do centro de Talkeetna.

Vou partilhar a tenda ou o quarto com outros participantes ? Existe a opção de quarto individual nesta actividade ?

Normalmente, pode reservar um quarto individual em Talkeetna e as pernoitas nas tendas serão partilhadas com um mais dois participantes, dependendo do campo de altitude. Voltando ao quarto individual, antes de iniciar a viagem devemos advertir que Talkeetna é pequena e se não efectuar uma reserva com antecedência, as probabilidades de não conseguir reservar um quarto são enormes, pois estarão na localidade muitos mais alpinistas. Reservas de alojamento em Talkeetna https://www.airbnb.pt/rooms/979488

Que tipo de alimentação vou ter na montanha ?

A boa notícia é que ao progredirmos no glaciar, podemos transportar muita comida calórica, hamburgers, bacon, queijo, biscoitos, entre outros produtos, até ao High Camp. A palavra de ordem é mesmo alimentar-mo-nos  com refeições bastante calóricas para suportar o enorme esforço da ascensão da montanha.

Que meios de comunicação vou ter disponíveis durante a actividade ?

Durante a actividade os guias terão telefones satélite e os telemóveis têm rede até aos 4250 metros de altitude. 

Quanto dinheiro tenho que levar para a actividade ?

Não há nada para comprar quando estivermos em plena montanha, mas se ficarmos retidos em Talkeetna à espera que as más condições meteorológicas passem, para que possamos voar até ao acampamento base do Denali, irá precisar de dinheiro para as refeições e alojamento. Deve contar com 175 a 265 €

Que oferta monetária deverei dar aos elementos da organização ?

Não é necessário, mas é sempre apreciado. O valor da oferta deve reflectir o nível de interacção com o seu guia. Se sentir que ele fez um excelente trabalho, retribua de acordo com a sua vontade.

Cheguei atrasado(a) à data marcada, o que faço ?

Se chegar atrasado(a), não há problema, a organização trabalhá consigo para que haja transporte para nos encontrarmos. Mas faça de tudo por cumprir as datas.

Necessito de um visto de entrada ? 

Como o Alaska faz parte dos Estados Unidos da América, não necessita de visto de entrada.

Que tipo de seguro devo fazer?

Tem que ter um seguro que cubra eventuais acidentes pessoais durante a expedição, quaisquer custos ocorridos em caso de doença ou resgate de emergência médica, que ocorra durante a actividade, bem como cancelamento da viagem, bagagem perdida, danos ou roubo.

Preciso realmente de um seguro de resgate?

Sem dúvida que sim. Este tipo de actividades desenrola-se em áreas remotas sem vias de acesso e com cuidados médicos escassos ou inexistentes, tornando-se de vital importância uma evacuação imediata, para salvaguarda do(a) participante.

O que é o seguro de cancelamento de viagem?

Este opção de seguro, permite ao participante cancelar a sua viagem, caso as circunstâncias nos obriguem a cancelar a viagem ( números mínimos de participantes não atingidos ou a viagem para determinado país se torna demasiado perigosa), torna-se possível reembolsar a passagem aérea e outros custos que possa ter incorrido.

 Rota da Ribeira de Loriga e Rota da Ribeira do Piodão

Rota da Ribeira de Loriga e Rota da Ribeira do Piodão

Data: 26 de Junho a partir das 21h no alojamento para evitar a viagem de madrugada no Sábado, 27 e 28 de Junho de 2020

Data limite de inscrição: 15 de Maio 2020. Após esta data não será garantido a pernoita no alojamento, nem as refeições, sendo da responsabilidade do(a) participante.

Número mínimo de participantes, para que a actividade se realize : 5

Número máximo de participantes : 10

Solicitar a inscrição para o email trilhosecumes@gmail.com

ROTA DA RIBEIRA DE LORIGA

Este percurso será realizado ao longo de um vale, atravessado pela Ribeira de Loriga, fazendo a ligação entre Loriga e Vide.

Uma actividade de pedestrianismo em que iremos percorrer paisagens dominadas por bosques, matos e campos em socalcos, seguiremos também por veredas antigas, tendo por companhia uma das mais extensas redes de levadas de rega, da Serra da Estrela. Nos locais mais inóspitos, estão presentes azinheiras, azereiros, azevinhos, relíquias da vegetação presente neste fantástico vale.

A erosão modelou cavidades de grandes dimensões, designadas de marmitas de gigante. Em Serapitel e no Muro, em meandros apertado, foram também abertos canais para desvio da ribeira e aproveitamento dos terrenos drenados.

Estas obras foram datadas com cerca de 200 anos, também conhecidas como Poço das Brocas, dando origem a imponentes quedas de água.

Património Natural:

  • Vale da Ribeira de Loriga

  • Marmitas de Gigante

  • Meandros da Ribeira

  • Reserva Botânica de Casal do Rei

Património Histórico - Cultural:

  • Socalcos agrícolas

  • Levadas de regadio

  • Lugares do Serapitel e Várzea

  • Moinhos hidráulicos

  • Aldeia de Casal do Rei

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Linear

  • Início e fim do percurso: Loriga (Largo da Carreira)

  • Distância: 17 Quilómetros

  • Duração aproximada: 5h30m

  • Grau de dificuldade: Difícil

  • Desnível acumulado: +805 metros /- 1282 metros

  • Altitude mínima: 292 metros

  • Altitude máxima: 768 metros

ROTA DA RIBEIRA DO PIODÃO

Este percurso será num vale percorrido pela Ribeira do Piodão, estabelecendo a ligação entre Vide e Rodeado e Coucedeira.

Passaremos por uma paisagem predominante de campos agrícolas em socalcos, pinhais, matos de giestas e habitats ribeirinhos.

No Rodeado e Coucedeira, o casario conserva a traça típica das aldeias de xisto. Já em Vide destaca-se a ponte medieval, em cantaria de granito, de arco único de volta perfeita e a Igreja Matriz.

Património Natural:

  • Ribeira do Piodão

Património Histórico-Cultural:

  • Núcleo antigo de Vide

  • Arquitectura popular em Xisto

  • Ponte Medieval

  • Moinhos de água

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Circular

  • Início e fim do percurso: Vide (Igreja Matriz)

  • Distância: 5 Quilómetros

  • Duração aproximada: 2 horas

  • Grau de dificuldade: Fácil

  • Desnível acumulado: + 212 metros / - 212 metros

  • Altitude mínima: 292 metros

  • Altitude máxima: 362 metros

PREÇO INDIVIDUAL : 100 €

O que está incluído ?

  • Acompanhamento técnico do monitor de montanhismo e escalada devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, com 22 anos de experiência.

  • Visita ao Centro de Interpretação do Geopark Mundial da Serra da Estrela

  • 2 Noites em alojamento nas Penhas da Saúde, em camaratas.

  • 2 Pequenos-almoços

  • 1 Jantar

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais durante a actividade.

Nota: Entre os participantes poderá ser combinado um sistema de boleias para minimizar os custos de deslocação até à Serra da Estrela.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL OBRIGATÓRIA PARA SUA SEGURANÇA E CONFORTO:

  • Chapéu

  • Saco-Cama

  • Bastões de caminhada

  • Protector solar, labial.

  • Óculos de sol

  • 1 Impermeável/Corta vento

  • 1 Polar

  • 1 Polar suplente

  • 2 T-shirt´s térmicas ou normais do dia-a-dia

  • Calças de montanhismo/Pedestrianismo

  • 2 Pares de meias de pedestrianismo (caminhadas)

  • Botas de pedestrianismo (caminhadas) / montanhismo

  • 1 Cantil de 1,5 Lt ou uma Garrafa de 1,5 Lt

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • 2 Almoços ( Sandes, Fruta, sumos, ao critério de cada participante)

  • Material de Higiene Individual: Escova e pasta de dentes, chinelos para banho, toalha de banho, desodorizante, etc.

  • Muda de roupa interior para 2 dias.

  • Roupa de pernoita

Sierra de Gredos

Sierra de Gredos

Data: 1 a 3 de Julho de 2020

Data limite para reservas: 5 de Junho de 2020

Solicita a tua ficha de inscrição através do email trilhosecumes@gmail.com

Número máximo de participantes: 2 Participantes . A actividade só se realiza com 2 participantes.

Uma verdadeira aventura de montanhismo, com acampamento em plena montanha. A actividade consiste numa marcha de montanha até ao Circo de Gredos, onde iremos passar por cabras montês selvagens, paisagens de cortar a respiração e pela margem da Laguna Grande.

A pernoita será em tendas de montanhismo (incluídas na actividade).

O objectivo principal será a ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

Almanzor deriva do nome Árabe AL-Mansur, que significa “ O Vitorioso”. Era um líder militar e religioso em Espanha no período Muçulmano, durante o fim do século X. O seu cognome “vitorioso” é fruto das vitórias durante a reconquista contra os Cristãos.

Durante as campanhas, consta que passou várias vezes por esta zona montanhosa, onde ficará encantado pela beleza desta montanha.

Aventure-se connosco e deixe-se encantar pelas paisagens fantásticas desta montanha pertencente à cadeia montanhosa Sistema Central Ibérico, da qual a Serra da Estrela é parte integrante.

vista-desde-almanzor-3.jpg

1º Dia

2º Dia

  • Alvorada às 7h30m

  • Pequeno-Almoço às 7h45m

  • Início da ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

  • Almoço durante a ascensão.

  • Cume do Almanzor

  • Regresso ao acampamento.

  • Jantar no acampamento.

3º Dia

  • Alvorada às 6h00m da manhã.

  • Desmontagem do acampamento.

  • Pequeno-Almoço 6h30m.

  • Início da marcha de montanha de regresso à plataforma de Gredos

  • Entre as 12h:00m e as 13h:00m, chegada à Covilhã. Os (as) participantes deverão comprar os bilhetes de transporte para regresso a casa desde a Covilhã, a partir das 15h00m

  • Fim da actividade

Preço Individual:

200 € 

O que está incluído ?

  • Transporte desde a Covilhã até Sierra de Gredos e regresso à Covilhã.

  • Acompanhamento técnico do guia de montanha português devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, durante a actividade.

  • Tendas de montanhismo/alpinismo.

  • Capacete.

  • Arnês.

  • Corda.

  • Material de escalada.

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.

Lista de Material Individual:

  • Mochila com 50 Litros de Capacidade

  • Saco-Cama

  • Esteira/Colchonete

  • Óculos de Sol

  • Protector Solar, factor 50

  • Gorro ou Passa-Montanhas

  • Roupa para a viagem de ida e regresso (Fica na viatura)

  • Luvas Polares

  • Polar

  • 1 Polar Suplente

  • 2 T-Shirt´s Térmicas ou normais do dia-a-dia

  • 1 Impermeável

  • Calças de Montanhismo

  • 2 Pares de Meias de Montanhismo

  • Botas de Montanhismo

  • Muda de roupa interior para 3 dias

  • Toalhitas

  • Cantil 1,5 Lt ou 1 Garrafa de Água de 1,5 Lt

  • Material de Higiene Pessoal

Alimentação a levar:

  • 2 Pequenos-almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Jantares ( Pacotes de Comida Liofilizada, ou ao critério de cada participante)

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • Bolachas


Ski de Travessia Chamonix - Zermatt

Ski de Travessia Chamonix - Zermatt

SKI DE TRAVESSIA CHAMONIX - ZERMATT

" O meu coração continua ali, onde o meu corpo não poderá voltar mais..", com estas belas palavras John Forbes, pioneiro desta travessia descreveu a Rainha das Travessias Alpinas.

De todas as travessias de ski, sem sombra de dúvidas, que esta é a mais clássica. 

Foi realizada pela primeira vez em 1903 por Payot, Couttet, Simond e Ravanel.

A travessia liga as localidades de Chamonix em França e Zermatt na Suiça.

Saídas de 2 de Julho a 30 de Agosto de 2020

Chamonix - Zermatt. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Chamonix - Zermatt. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Esta espectacular travessia brinda-nos com extraordinárias  paisagens alpinas. Para muitos amantes de ski de montanha, este itinerário de sonho, cruza em 6 dias três países: França, Itália e Suiça, onde existe uma rede de refúgios de montanha totalmente equipados para nossa comodidade, dando apenas ao participante a preocupação em desfrutar cada momento único desta magnífica actividade.

Chamonix - Zermatt. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Chamonix - Zermatt. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Esta actividade realiza-se de Julho a Agosto. Agende connosco a sua disponibilidade.

Inscrições através do email trilhosecumes@gmail.com

Número de participantes:

5 no máximo. Apenas para participantes que tenham experiência de ski e que tenham tirado cursos com Instrutores de ski, credenciados profissionalmente.

Preços Individuais:

1 Participante: 1500€

2 Participantes: 750€ cada participante

3 Participantes: 600€ cada participante

4 Participantes: 500€ cada participante

5 Participantes: 450€ cada participante

O que está incluído ?

  • Acompanhamento técnico do Guia de Alta Montanha devidamente credenciado profissionalmente.

  • Assessoria técnica antes da travessia.

  • Gestão de reservas dos refúgios.

  • Material de segurança, se o(s) participante(s) não tiveram, tais como: A.R.V.A., Pá e Sonda.

  • Equipamento técnico (a pedido), crampons, piolet e arnês.

  • Equipamento técnico colectivo: corda, parafusos de gelo, mosquetões, material de reparação, rádios.

  • Seguro de acidentes pessoais internacional.

O que não está incluído ?

  • Transporte desde a cidade de origem até Chamonix e regresso a Chamonix. Terá que ser alugado previamente antes da actividade pelo(s) participante(s).

  • Transferes: No segundo dia, é necessário um táxi desde a localidade de Champex até Verbier e no último dia um táxi desde Zermatt até Chamonix.

  • Refúgios: 4 Noites em refúgio em regime de meia pensão ( cerca de 65€ por noite, pode variar o preço de ano para ano)

  • Alojamento em Chamonix para 1 ou 2 noites ( na chegada e no regresso a Chamonix) e 1 noite em Zermatt, no fim da travessia.

  • Teleféricos: De Grands Montets e o de Verbier.

  • Alimentação: Durante a travessia, nos refúgios está incluído o regime de meia pensão, mas contar com dinheiro físico para água e comida à parte do que está incluído. Em Chamonix e em Zermatt, a mesma situação prever gastos para jantar e pequeno-almoço.

  • A despesa será por volta de 600€, por pessoa durante os 9 dias da actividade

Programa:

1ª Etapa :

Argentiére (1250 metros de altitude) - Grands Montets (3233 metros de altitude) - Desfiladeiro de Chardonnet (3323 metros de altitude) - Desfiladeiro de Fentre de Saleina (3261 metros de altitude) - Pernoita no refúgio Trient a 3170 metros de altitude.

Desnível: 965 metros de subida e 940 metros de descida.

2ª Etapa:

Refúgio Trient a 3170 metros - Desfiladeiro des Encandies (2.796 metros de altitude) - Champex (1450metros de altitude) – Transfer de Verbier e subida no teleférico Coll des Gentianes (2894 metros de altitude) e descida até ao refúgio  Mont Fort (2457 metros de altitude), para pernoitar.  

Desnível: 100 metros de subida e 1670 metros de descida.

3ª Etapa:

Refúgio Mont Fort (2457 metros de altitude) – Desfiladeiro de Chaux (2940m metros de altitude) - Desfiladeiro de Momin (3003 metros de altitude) até junto de Rosablanche (3336 metros de altitude) onde podemos subir e regressar pelo mesmo itinerário - Descida ao refúgio Prafleuri (2662 metros de altitude), para pernoitar.

Desnível: 700 metros de subida e 900 metros de descida.

 4ª Etapa:

Refúgio de Prafleuri (2662 metros de altitude) - Desfiladeiro Des Roux (2804 metros de altitude) – Travessía do lago  Dix y Paso du Chat  (2385 metros de altitude) - Refugio des Dix (2928 metros de altitude)

Desnível: 850 metros de subida e 400 metros descida

 5ª Etapa:

Suibida à Pigne d’Arolla (3796 metros de altitude) pelo glaciar Tsena Refien e pelo famoso passo da Serpentine (local de maior dificuldade técnica da travessía) - Descida até ao refúgio  Vignettes (3160 metros de altitude), para pernoita.

Desnível: 850 metros de subida e 640 metros de descida

6ª Etapa: 

Refúgio de Vignettes (3160 metros de altitude) - Desfiladeiro  L'Eveque (3392 metros de altitude) - Desfiladeiro Mont Brul (3213 metros de altitude)- Desfiladeiro Valpelline (3568 metros de altitude) - Chegada a Zermatt (1600 metros de altitude)

Desnível: 1173 metros de subida e 2670 metros de descida

 

Sierra de Gredos

Sierra de Gredos

Data: 6 a 8 de Julho de 2020

Data limite para reservas: 5 de Junho de 2020

Solicita a tua ficha de inscrição através do email trilhosecumes@gmail.com

Número máximo de participantes: 2 Participantes . A actividade só se realiza com 2 participantes.

Uma verdadeira aventura de montanhismo, com acampamento em plena montanha. A actividade consiste numa marcha de montanha até ao Circo de Gredos, onde iremos passar por cabras montês selvagens, paisagens de cortar a respiração e pela margem da Laguna Grande.

A pernoita será em tendas de montanhismo (incluídas na actividade).

O objectivo principal será a ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

Almanzor deriva do nome Árabe AL-Mansur, que significa “ O Vitorioso”. Era um líder militar e religioso em Espanha no período Muçulmano, durante o fim do século X. O seu cognome “vitorioso” é fruto das vitórias durante a reconquista contra os Cristãos.

Durante as campanhas, consta que passou várias vezes por esta zona montanhosa, onde ficará encantado pela beleza desta montanha.

Aventure-se connosco e deixe-se encantar pelas paisagens fantásticas desta montanha pertencente à cadeia montanhosa Sistema Central Ibérico, da qual a Serra da Estrela é parte integrante.

vista-desde-almanzor-3.jpg

1º Dia

2º Dia

  • Alvorada às 7h30m

  • Pequeno-Almoço às 7h45m

  • Início da ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

  • Almoço durante a ascensão.

  • Cume do Almanzor

  • Regresso ao acampamento.

  • Jantar no acampamento.

3º Dia

  • Alvorada às 6h00m da manhã.

  • Desmontagem do acampamento.

  • Pequeno-Almoço 6h30m.

  • Início da marcha de montanha de regresso à plataforma de Gredos

  • Entre as 12h:00m e as 13h:00m, chegada à Covilhã. Os (as) participantes deverão comprar os bilhetes de transporte para regresso a casa desde a Covilhã, a partir das 15h00m

  • Fim da actividade

Preço Individual:

200 € 

O que está incluído ?

  • Transporte desde a Covilhã até Sierra de Gredos e regresso à Covilhã.

  • Acompanhamento técnico do guia de montanha português devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, durante a actividade.

  • Tendas de montanhismo/alpinismo.

  • Capacete.

  • Arnês.

  • Corda.

  • Material de escalada.

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.

Lista de Material Individual:

  • Mochila com 50 Litros de Capacidade

  • Saco-Cama

  • Esteira/Colchonete

  • Óculos de Sol

  • Protector Solar, factor 50

  • Gorro ou Passa-Montanhas

  • Roupa para a viagem de ida e regresso (Fica na viatura)

  • Luvas Polares

  • Polar

  • 1 Polar Suplente

  • 2 T-Shirt´s Térmicas ou normais do dia-a-dia

  • 1 Impermeável

  • Calças de Montanhismo

  • 2 Pares de Meias de Montanhismo

  • Botas de Montanhismo

  • Muda de roupa interior para 3 dias

  • Toalhitas

  • Cantil 1,5 Lt ou 1 Garrafa de Água de 1,5 Lt

  • Material de Higiene Pessoal

Alimentação a levar:

  • 2 Pequenos-almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Jantares ( Pacotes de Comida Liofilizada, ou ao critério de cada participante)

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • Bolachas


Dent du Geant 4013 Metros de Altitude + Aiguille du Rochefort 4001 Metros de Altitude

Dent du Geant 4013 Metros de Altitude + Aiguille du Rochefort 4001 Metros de Altitude

Uma actividade clássica no maciço do Mont Blanc e bastante atractiva para qualquer alpinista que já tenha estado nesta região montanhosa.

Saídas de 6 de Julho a 7 de Agosto de 2020

Aresta de acesso ao Dent du Geant. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Aresta de acesso ao Dent du Geant. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Nesta actividade de alpinismo, irá atravessar a famosa aresta Rochefort até à Aiguille Rochefort com os seus 4001 metros de altitude e escalar o Dent du Géant com 4013 metros de altitude num só dia.

Dent du Geant. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Dent du Geant. Foto de David. Todos os direitos reservados.

 

Não pense que irá só escalar estes locais.  Veja o que irá fazer durante os dias em que vais estar no maciço do Mont Blanc.

Inscrições através do email trilhosecumes@gmail.com

Dificuldade:

Difícil: Numa escala de Fácil, Média, Difícil.

Programa:

 1º Dia:

Encontro em Chamonix e revisão do programa da actividade, material e outros assuntos caso seja necessário. Revisão e treino de manobras de cordas, trepar, destrepar, rapel, dar segurança ao primeiro de cordada, reuniões. A revisão será feita na escola de escalada Les Gaillants

2º Dia:

Escalada da famoso Aresta de Cosmiques/Punta Lachenal, AD (IV). Pernoita do refúgio Des Cosmiques.

3º Día: 

Travessia Midi – Helbronnen, escalada da Aresta de Entréves, AD.  Pernoita no Refúgio Torino.

4º Dia:

Escalada da Aresta Rochefort (AD)  e da vía normal do Dent du Géant. (620 metros de escalada em que 200m são de escalada com cordas fixas com o grau de dificuldade IV.   Regresso a Chamonix pelo teleférico de Helbronner - Midi ou pelo túnel do Mont Blanc. 

Número de participantes:

2 participantes no máximo, por questões de segurança em alta montanha. Apenas para alpinistas com experiência ou que tenham frequentado um curso de alpinismo ministrado por um Iniciador, Monitor ou Instrutor de Alta Montanha, credenciado profissionalmente.

Preço individual:

1 Participante: 1200€

2 Participantes: 700€ cada participante

Após a inscrição será enviado em pdf um plano de treino para esta actividade, para que o participante possa estar bem preparado fisicamente. 

O que está incluído ?

  • O acompanhamento técnico do Guia de Alta Montanha, devidamente credenciado profissionalmente, durante os 4 dias da actividade.

  • Gestão prévia das reservas em refúgios/alojamentos.

  • Bilhetes de teleférico, do Guia de Alta Montanha.

  • Material técnico e de segurança para actividade ( a pedido do participante): crampons, piolet, arnês e capacete.

  • Seguro de acidentes internacional.

O que não está incluído ? 

  • Transporte desde a cidade de origem até Chamonix e regresso à cidade de origem.

  • Alojamento em Chamonix.

  • O alojamento e refeições do Guia, nos refúgios de motanha (a cargo do participante)

  • Bilhetes do teleférico, comboio, túnel e portagens.

Lista de material individual obrigatório:

É fundamental ir correctamente equipado, para realizar uma actividade na alta montanha.

  • Sistema das 3 camadas: T-shirt térmica de 1ª camada, polar, Casaco Impermeável do tipo Gore-Tex.

  • Calças polares de 1ª Camada.

  • Calças de alpinismo 2ª Camada.

  • Botas de ALTA MONTANHA.

  • Meias de ALPINISMO.

  • Polainas.

  • Muda de roupa interior.

  • Mochila de Alpinismo com capacidade de 40 Litros e que tenha protector de chuva/neve.

  • Óculos de Alpinismo.

  • Óculos de tempestade (máscara de ski)

  • Passa-Montanhas

  • Protector Solar Factor 50

  • Protector Solar para os lábios.

  • Frontal e pilhas suplentes.

  • Luvas de 1ª Camada

  • Luvas de Alpinismo 2ª Camada

  • Cantil

  • Mosquetão HMS e Reverso

  • Bastões (opcional)

  • Saco - Cama com temperatura de conforto 0º C, para pernoita nos refúgios

  • Bolsa com material de higiene pessoal para os dias da actividade na montanha.

 

Sierra de Gredos

Sierra de Gredos

Data: 13 a 15 de Julho de 2020

Data limite para reservas: 5 de Junho de 2020

Solicita a tua ficha de inscrição através do email trilhosecumes@gmail.com

Número máximo de participantes: 2 Participantes . A actividade só se realiza com 2 participantes.

Uma verdadeira aventura de montanhismo, com acampamento em plena montanha. A actividade consiste numa marcha de montanha até ao Circo de Gredos, onde iremos passar por cabras montês selvagens, paisagens de cortar a respiração e pela margem da Laguna Grande.

A pernoita será em tendas de montanhismo (incluídas na actividade).

O objectivo principal será a ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

Almanzor deriva do nome Árabe AL-Mansur, que significa “ O Vitorioso”. Era um líder militar e religioso em Espanha no período Muçulmano, durante o fim do século X. O seu cognome “vitorioso” é fruto das vitórias durante a reconquista contra os Cristãos.

Durante as campanhas, consta que passou várias vezes por esta zona montanhosa, onde ficará encantado pela beleza desta montanha.

Aventure-se connosco e deixe-se encantar pelas paisagens fantásticas desta montanha pertencente à cadeia montanhosa Sistema Central Ibérico, da qual a Serra da Estrela é parte integrante.

vista-desde-almanzor-3.jpg

1º Dia

2º Dia

  • Alvorada às 7h30m

  • Pequeno-Almoço às 7h45m

  • Início da ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

  • Almoço durante a ascensão.

  • Cume do Almanzor

  • Regresso ao acampamento.

  • Jantar no acampamento.

3º Dia

  • Alvorada às 6h00m da manhã.

  • Desmontagem do acampamento.

  • Pequeno-Almoço 6h30m.

  • Início da marcha de montanha de regresso à plataforma de Gredos

  • Entre as 12h:00m e as 13h:00m, chegada à Covilhã. Os (as) participantes deverão comprar os bilhetes de transporte para regresso a casa desde a Covilhã, a partir das 15h00m

  • Fim da actividade

Preço Individual:

200 € 

O que está incluído ?

  • Transporte desde a Covilhã até Sierra de Gredos e regresso à Covilhã.

  • Acompanhamento técnico do guia de montanha português devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, durante a actividade.

  • Tendas de montanhismo/alpinismo.

  • Capacete.

  • Arnês.

  • Corda.

  • Material de escalada.

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.

Lista de Material Individual:

  • Mochila com 50 Litros de Capacidade

  • Saco-Cama

  • Esteira/Colchonete

  • Óculos de Sol

  • Protector Solar, factor 50

  • Gorro ou Passa-Montanhas

  • Roupa para a viagem de ida e regresso (Fica na viatura)

  • Luvas Polares

  • Polar

  • 1 Polar Suplente

  • 2 T-Shirt´s Térmicas ou normais do dia-a-dia

  • 1 Impermeável

  • Calças de Montanhismo

  • 2 Pares de Meias de Montanhismo

  • Botas de Montanhismo

  • Muda de roupa interior para 3 dias

  • Toalhitas

  • Cantil 1,5 Lt ou 1 Garrafa de Água de 1,5 Lt

  • Material de Higiene Pessoal

Alimentação a levar:

  • 2 Pequenos-almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Jantares ( Pacotes de Comida Liofilizada, ou ao critério de cada participante)

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • Bolachas


Rota da Eira e Rota da Fervença

Rota da Eira e Rota da Fervença

Data: 17 de Julho a partir das 21h no alojamento para evitar a viagem de madrugada no Sábado, 18 e 19 de Julho de 2020

Data limite de inscrição: 15 de Junho 2020. Após esta data não será garantido a pernoita no alojamento, nem as refeições, sendo da responsabilidade do(a) participante.

Número mínimo de participantes, para que a actividade se realize : 5

Número máximo de participantes : 10

Solicitar a inscrição para o email trilhosecumes@gmail.com

ROTA DA EIRA

Este percurso será realizado na encosta da pitoresca vila de montanha, de seu nome Loriga, durante uma paisagem de relevo acidentado, que passa pela Ribeira da Nave.

Uma actividade de pedestrianismo que abrange uma zona com características rurais, onde predominam extensas áreas agrícolas em socalcos, soutos e pinhais, não esquecendo o património popular sem igual e rico.

Durante o percurso, salientar a moenda, o moinho do Teixeiro, a eira do Mendes e o lugar da Canada. Do alto do percurso, teremos o privilégio de observar as vertentes da Serra da Estrela e a Garganta de Loriga, localizada no Vale Glaciar de Loriga.

Património Natural:

  • Ribeira da Nave

  • Bosques de Folhosas

  • Cabeço das Resteves

Património Histórico - Cultural:

  • Núcleo Antigo de Loriga

  • Calçada antiga e ponte Nova

  • Moenda e moinho do Teixeiro

  • Socalcos agrícolas

  • Eira do Mendes

  • Lugar da Canada

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Circular

  • Início e fim do percurso: Loriga

  • Distância: 2,8 Quilómetros

  • Duração aproximada: 1h30m

  • Grau de dificuldade: Fácil

  • Desnível acumulado: +263 metros /-263 metros

  • Altitude mínima: 678 metros

  • Altitude máxima: 850 metros

ROTA DA FERVENÇA

Ruma a aldeia mais alta de Portugal, o Sabugueiro, para um terreno acidentado que atravessa as Ribeiras do Covão do Urso e da Fervença.

Nesta paisagem existem, pinhais, lameiros, matos de urze e giesta. Já no Covão do Urso, encontraremos a acção dos já extintos glaciares que outrora predominaram na Serra da Estrela, sobressaindo as moreias, resultado do avanço do glaciar, durante a Era Glaciar a que a montanha esteve sujeita.

Já próximo do Cabeço da Carnazeda, no cimo da encosta, a ribeira da Fervença brinda-nos com uma cascata, proporcionando uma paisagem sobre o vale e a aldeia. Já na confluência desta ribeira, a abundância de água mantém os lameiros verdejantes durante todo o ano.

Património Natural:

  • Covão do Urso

  • Cascata da Fervença

  • Lameiros do covão da Espada

Património Histórico-Cultural:

  • Casario tradicional em granito

  • Forno Comunitário

  • Moinhos de água

  • Ponte do Porto Cabrito

Especificações do percurso pedestre:

  • Tipo de Percurso: Circular

  • Início e fim do percurso: Sabugueiro

  • Distância: 5 Quilómetros

  • Duração aproximada: 2h30m

  • Grau de dificuldade: Fácil

  • Desnível acumulado: +220metros /-220 metros

  • Altitude mínima: 1028 metros

  • Altitude máxima: 1232 metros

PREÇO INDIVIDUAL : 100 €

O que está incluído ?

  • Acompanhamento técnico do monitor de montanhismo e escalada devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, com 22 anos de experiência.

  • Visita ao Centro de Interpretação do Geopark Mundial da Serra da Estrela

  • 2 Noites em alojamento nas Penhas da Saúde, em camaratas.

  • 2 Pequenos-almoços

  • 1 Jantar

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais durante a actividade.

Nota: Entre os participantes poderá ser combinado um sistema de boleias para minimizar os custos de deslocação até à Serra da Estrela.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL OBRIGATÓRIA PARA SUA SEGURANÇA E CONFORTO:

  • Chapéu

  • Saco-Cama

  • Bastões de caminhada

  • Protector solar, labial.

  • Óculos de sol

  • 1 Impermeável/Corta vento

  • 1 Polar

  • 1 Polar suplente

  • 2 T-shirt´s térmicas ou normais do dia-a-dia

  • Calças de montanhismo/Pedestrianismo

  • 2 Pares de meias de pedestrianismo (caminhadas)

  • Botas de pedestrianismo (caminhadas) / montanhismo

  • 1 Cantil de 1,5 Lt ou uma Garrafa de 1,5 Lt

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • 2 Almoços ( Sandes, Fruta, sumos, ao critério de cada participante)

  • Material de Higiene Individual: Escova e pasta de dentes, chinelos para banho, toalha de banho, desodorizante, etc.

  • Muda de roupa interior para 2 dias.

  • Roupa de pernoita

 Sierra de Gredos

Sierra de Gredos

Data: 20 a 22 de Julho de 2020

Data limite para reservas: 5 de Junho de 2020

Solicita a tua ficha de inscrição através do email trilhosecumes@gmail.com

Número máximo de participantes: 2 Participantes . A actividade só se realiza com 2 participantes.

Uma verdadeira aventura de montanhismo, com acampamento em plena montanha. A actividade consiste numa marcha de montanha até ao Circo de Gredos, onde iremos passar por cabras montês selvagens, paisagens de cortar a respiração e pela margem da Laguna Grande.

A pernoita será em tendas de montanhismo (incluídas na actividade).

O objectivo principal será a ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

Almanzor deriva do nome Árabe AL-Mansur, que significa “ O Vitorioso”. Era um líder militar e religioso em Espanha no período Muçulmano, durante o fim do século X. O seu cognome “vitorioso” é fruto das vitórias durante a reconquista contra os Cristãos.

Durante as campanhas, consta que passou várias vezes por esta zona montanhosa, onde ficará encantado pela beleza desta montanha.

Aventure-se connosco e deixe-se encantar pelas paisagens fantásticas desta montanha pertencente à cadeia montanhosa Sistema Central Ibérico, da qual a Serra da Estrela é parte integrante.

vista-desde-almanzor-3.jpg

1º Dia

2º Dia

  • Alvorada às 7h30m

  • Pequeno-Almoço às 7h45m

  • Início da ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

  • Almoço durante a ascensão.

  • Cume do Almanzor

  • Regresso ao acampamento.

  • Jantar no acampamento.

3º Dia

  • Alvorada às 6h00m da manhã.

  • Desmontagem do acampamento.

  • Pequeno-Almoço 6h30m.

  • Início da marcha de montanha de regresso à plataforma de Gredos

  • Entre as 12h:00m e as 13h:00m, chegada à Covilhã. Os (as) participantes deverão comprar os bilhetes de transporte para regresso a casa desde a Covilhã, a partir das 15h00m

  • Fim da actividade

Preço Individual:

200 € 

O que está incluído ?

  • Transporte desde a Covilhã até Sierra de Gredos e regresso à Covilhã.

  • Acompanhamento técnico do guia de montanha português devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, durante a actividade.

  • Tendas de montanhismo/alpinismo.

  • Capacete.

  • Arnês.

  • Corda.

  • Material de escalada.

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.

Lista de Material Individual:

  • Mochila com 50 Litros de Capacidade

  • Saco-Cama

  • Esteira/Colchonete

  • Óculos de Sol

  • Protector Solar, factor 50

  • Gorro ou Passa-Montanhas

  • Roupa para a viagem de ida e regresso (Fica na viatura)

  • Luvas Polares

  • Polar

  • 1 Polar Suplente

  • 2 T-Shirt´s Térmicas ou normais do dia-a-dia

  • 1 Impermeável

  • Calças de Montanhismo

  • 2 Pares de Meias de Montanhismo

  • Botas de Montanhismo

  • Muda de roupa interior para 3 dias

  • Toalhitas

  • Cantil 1,5 Lt ou 1 Garrafa de Água de 1,5 Lt

  • Material de Higiene Pessoal

Alimentação a levar:

  • 2 Pequenos-almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Jantares ( Pacotes de Comida Liofilizada, ou ao critério de cada participante)

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • Bolachas


Elbrus 5642 Metros de Altitude

Elbrus 5642 Metros de Altitude

BREVE DESCRIÇÃO:

A actividade irá iniciar-se em São Petersburgo, onde iremos visitar museus e ter o privilégio de observar a mágica arquitectura dos edifícios que caracterizam esta singular cidade Russa. 

Após a visita a esta fantástica cidade, iremos até à região montanhosa do Elbrus, para subir alguns cumes e iniciando assim o processo de aclimatação do organismo à altitude.  

A titulo de curiosidade, esta montanha é um gigante vulcão adormecido, que separa o continente Europeu do Asiático.

Esta extraordinária montanha deverá ser abordada com enorme respeito devido à sua altitude, onde além da boa condição física do participante aliada ao devido processo de aclimatação, fazem com que o sucesso da actividade seja uma realidade. 

Após o processo de aclimatação, iremos de teleférico até ao acampamento base do Elbrus, ponto de partida da nossa ascensão. Faremos novo treino para praticar técnicas de alpinismo com o guia de alta montanha.

O dia de ataque ao cume, caracteriza-se por uma ascensão com grande declive em terreno nevado, com extraordinárias paisagens de bosques ao nosso redor em altitudes mais baixas, que culminará no ponto mais alto do continente Europeu. 

Após a ascensão do Elbrus, viajaremos até à cidade de Moscovo.

ITINERÁRIO:

Dia 1 : 

Chegada a São Petersburgo, Rússia. Reunião de equipa, verificação de equipamentos e refeição de boas-vindas.

Dia 2 :

Passeio em São Petersburgo, e visita ao emblemático Museu Hermitage, famoso pela sua variedade de clássicos de arte. Nesta fantástica cidade seria imperdoável não visitarmos a Fortaleza de São Paulo e São Pedro.

Dia 3:

Voo de São Petersburgo para Mineralnye Vody. Viagem de autocarro para Terksol no Vale de Baksan.

Dia 4:

Subida de teleférico até ao cume da Cheget Mountain a 3600 metros de altitude, iniciando assim o processo de aclimatação e onde iremos passar a noite em alojamento local.

Dia 5:

Marcha de montanha até ao cume Terksol, com uma altitude de 3900 metros. Regresso ao alojamento local.

Dia 6:

Descida de teleférico e marcha de montanha até ao renovado refugio Islam a 3900 metros de altitude, localizado na encosta do Elbrus.

DIa 7:

Marcha de montanha até ao cume Obelisk a 4150 metros de altitude. Regresso ao refugio.

Dia 8:

Marcha de montanha até ao cume Pastuhova Rocks a 4650 metros de altitude. Regresso ao refugio.

Dia 9:

Dia de cume do Elbrus. Saída do refúgio às 3h:00m da manhã. Regresso e pernoita no refugio.

Dia 10:

Dia extra caso as condições climatéricas mudem ou para descanso após subida ao cume. Pernoita no refugio.

Dia 11:

Dia extra caso as condições climatéricas mudem. Descida para o vale e regresso ao hotel.

Dia 12:

Viagem de regresso até Mineralnye Vody. Voo para Moscovo e estadia em Hotel.

Dia 13:

Passeio em Moscovo. Visita ao Kremlin, Praça Vermelha e outras zonas históricas de Moscovo.

Dia 14:

Transfere do Hotel para o Aeroporto. Regresso a casa.

PONTOS INTERESSANTES DA ACTIVIDADE:

  • Uma verdadeira experiência no mundo da Alta Montanha e subida a outros cumes da zona montanhosa do Cáucaso.

  • Percorra as fantásticas cidades São Petersburgo e Moscovo.

  • Suba ao ponto mais alto do continente Europeu.

DIFICULDADE:

Difícil: Numa escala de Fácil, Média e Difícil.

DURAÇÃO E DATA:

14 dias de actividade. Contar com o dia de viagem até  São Petersburgo, mais a viagem de regresso a casa.

20 a 30 de Julho de 2020 ( Contar com os dias de viagem, com chegada a 20 de Julho e o regresso a Portugal)

PREÇO INDIVIDUAL:

4500 €

PAGAMENTOS:

Depósito de 500€ não reembolsáveis, para reservar o seu lugar na actividade.

4000€, deverá ser pago até 90 dias antes da data de início da actividade.

O QUE ESTÁ INCLUÍDO?

  • Acompanhamento do Guia de Alta Montanha e do Guia de Montanha devidamente certificados profissionalmente.

  • 2 Noites no Hotel de São Petersburgo em quarto partilhado, com pequeno-almoço.

  • 2 Noites no Hotel em Moscovo em quarto partilhado, com pequeno-almoço.

  • Passeio Turístico em São Petersburgo.

  • Passeio Turístico em Moscovo.

  • Todos os alojamentos e alimentação durante a expedição desde São Petersburgo até à chegada a Moscovo, de acordo com o itinerário.

  • Todo o equipamento colectivo (cordas, parafusos de gelo, etc), alimentação e gás no Elbrus.

  • Transfere do Hotel para o aeroporto, para o voo de Mineralnye Vody e regresso .

  • Voos de São Petersburgo para Mineralnye Vody e para Moscovo.

  • Transporte desde Mineralnye Vody para a Região do Elbrus.

  • Teleféricos e Snow Cat ( Carro de neve )

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO?

  • Transfere do aeroporto Internacional para o Hotel em São Petersburgo e regresso - 55 € por carro até 2 participantes.

  • Almoços e Jantares enquanto estiver em São Petersburgo e Moscovo, as refeições podem ir de 40€ a 80€.

  • Equipamento e vestuário individual de montanhismo/alpinismo.

  • Visto de entrada na Rússia. + informações clique em http://www.consul.embrussia.ru/pt/content/8

  • O seguro de escalada/viagem ou resgate.

  • Taxas de excesso de bagagem com mais de 20 Kg nos voos internos.

  • Custos pessoais inerentes a recordações, bebidas alcoólicas e refrigerantes, lavandaria, etc.

  • Viagem em carro de neve durante a descida da montanha, caso não a queira descer a pé.

  • Custos do Hotel e refeições no Vale Baksan, caso desça mais cedo da montanha.

  • Pequenas ofertas monetárias aos guias.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após o pagamento da actividade, sobre roupas e equipamentos individuais necessários. Respeitando cada item da lista de material e tendo o equipamento correcto, são factores essenciais para o bom desempenho no dia-a-dia da actividade, aumentando o sucesso da actividade.

PERGUNTAS FREQUENTES:

Em que tipo de hotéis vou ficar ?

Ficaremos em hotéis da cadeia Holiday Inn de 4 estrelas ou outros com a mesma classificação em zonas centrais, tanto em São Petersburgo e Moscovo.

Qual o local do ponto de encontro e como se realizará o transfer?

Deverá ser em São Petersburgo no Aeroporto Internacional São Petersburgo Pulkovo ( St. Petersburg´s Pulkovo International Airport (LED) ) . De Moscovo de volta a Portugal, deverão escolher o Aerporto Moscow's Sheremetyevo (SVO) ou o Domodedovo International Airport's (DME). Como os aeroportos estão localizados fora dos centros da cidade, irão ser realizados transferes. O Guia vai ter connosco ao hotel. Um mês antes da actividade receberá informações sobre os detalhes finais do hotel, contacto do agente, lista dos membros da equipa (organização), transferes do aeroporto.

Se eu chegar mais cedo ou mais tarde ao ponto de encontro?

Devido à quantidade excessiva de burocracia na Rússia, um planeamento deste tipo de expedição é muito demorado como todos os detalhes devem ser confirmados com bastante antecedência para cumprir com os vistos e documentação da viagem. Alterações no planeamento podem revelar-se muito caras e a flexibilidade não é uma opção como no Ocidente. Por estes motivos, pede-se aos participantes o máximo cumprimento dos horários. De acordo com o visto de entrada na Rússia também não é possível chegar mais cedo.

Para chegar à montanha, será necessário um longo dia?

O vale onde está localizada a montanha, fica num local remoto da Rússia. Iremos gastar um dia inteiro para chegar ao vale, o que implica um voo interno, seguido por uma viagem de autocarro. Embora pareça simples, viagens no interior da Rússia podem ser um pouco lentas, mas pode aproveitar para ouvir música, ler um livro e apreciar a paisagem.

Posso levar os meus skis?

É possível fazer ski, mas não se trata de uma actividade de ski, daí não ser necessário levar skis.

Como é o alojamento na montanha?

Ficaremos alojados no renovado refúgio "Islão", onde chegaremos de teleférico. Será o nosso "acampamento base", onde estará o nosso cozinheiro.

Vou partilhar o quarto com outros alpinistas? Existe opção de quarto individual nesta actividade?

Sim, no refúgio os quartos são partilhados. Nos hotéis, também serão partilhados com outros participantes.

Quais são requisitos necessários para subir esta montanha?

Para esta montanha, será necessário possuir formação prévia de alpinismo e será dada prioridade a quem já tenha realizado o curso de alpinismo da Trilhos e Cumes. De qualquer forma será feito um pequeno treino, para relembrar e treinar técnicas de alpinismo. Além deste requisito, torna-se fundamental que o participante cuide da sua preparação física, uns meses antes em relação à actividade. ( Cardio, Btt, Trail )

Qual é o nível de condição física para realizar a ascensão desta montanha?

O participante terá que ter uma excelente condição cardiovascular e sentir-se apto a carregar uma mochila com a 6 a 10 Kg durante a actividade.

Qual a duração de um dia típico na montanha?

Durante os dias de aclimatação, podem ser de 5 a 7 horas diárias. No dia de ataque ao cume e regresso ao refúgio poderão ser cerca de 15 horas, tendo em conta que a chegada ao cume sem contar com a descida, serão cerca de 7 a 8 horas.

Que tipo de alimentação terei na montanha?

A alimentação é fornecida pelo cozinheiro da actividade que está no refúgio. Também serão fornecidos lanches, frutas. Se tiver alguma necessidade dietética específica, deverá informar-nos com antecedência para que se possa organizar alternativas adequadas.

Que tipo de comunicações estão disponíveis na montanha?

O seu telemóvel vai trabalhar durante todo o trajecto até ao refugio, que também tem 3G disponível. Contudo deverá verificar as taxas de roaming, pois poderá ser bastante caro as chamadas a partir da Rússia. De qualquer forma o guia de alta montanha, tem consigo um telefone satélite que poderá ser utilizado em caso de emergência.

Durante a actividade que dinheiro extra devo levar comigo?

Como a Rússia é um país caro, torna-se difícil dar um valor específico. Contudo existem várias máquinas de multibanco espalhadas pelas grandes cidades como em Terskol e em Cheget. Em Moscovo e São Petersburgo as refeições são entre 40€ a 80€. No vale Terskol deverá contar com 400€ para o pessoal local, potenciais passeios extras, recordações para familiares e amigos.

Que valor de ofertas monetárias deverei dar aos elementos do staff da actividade?

Recomenda-se 1,70€ a 8,50€ por participante para os guias turísticos das cidades e os condutores de autocarros. Para os elementos da cozinha entre 8,50€ a 12,50€ e 34€ para o guia de montanha local. Se quiser contribuir para um determinado membro da organização que o(a) ajudou-o(a) bastante, poderá fazê-lo à parte. Sinta-se à vontade para discutir este assunto com o seu guia.

Há algum requisito em termos de "Visto de entrada"?

Sim, um dos maiores problemas com viagens na Rússia é  de facto o visto! Para quase todos os viajantes estrangeiros que visitam a Rússia é-lhes exigido o visto.  Após o pagamento e a confirmação da viagem, e termos os detalhes da chegada e partida dos voos, será enviada a documentação de suporte necessária para o visto de entrada na Rússia.

Normalmente deverá ser realizada 6 semanas antes da data de início da viagem, em que  o(a) participante ao receber a documentação necessária para realizar o visto, deverá de forma imediata apresentar o seu pedido. O processo normalmente demora 2 semanas, havendo a possibilidade de optar por um serviço mais rápido através do pagamento mais elevado de uma taxa. Terá que enviar o seu passaporte para a Embaixada Russa, juntamente com a documentação necessária. Para mais informações clique em http://www.consul.embrussia.ru/pt/content/8

Existe uma lista de roupa recomendada, que terei de levar para a actividade?

Sim, será enviada uma lista de equipamentos e vestuário pessoal, logo após a confirmação do pagamento da actividade. Também poderá contactar-nos para aconselhamento sobre questões relacionadas com equipamento e vestuário.

Irei realmente precisar de todo o equipamento que referem na lista?

Sim, a lista de equipamento tem sido preparada com todo o cuidado e experiência de outras actividades passadas, pelo que é fundamental por questões de segurança respeitar na integra a lista. Alguma dúvida em relação ao material, não hesite e contacte-nos.

Que temperatura deverá ter o meu saco-cama?

É fundamental que o saco-cama tenha uma temperatura de conforto entre os -5ºC e -10ºC.

Que tipo de seguro devo fazer?

Tem que ter um seguro que cubra eventuais acidentes pessoais durante a expedição, quaisquer custos ocorridos em caso de doença ou resgate de emergência médica, que ocorra durante a actividade, bem como cancelamento da viagem, bagagem perdida, danos ou roubo.

Preciso realmente de um seguro de resgate?

Sem dúvida que sim. Este tipo de actividades desenrola-se em áreas remotas sem vias de acesso e com cuidados médicos escassos ou inexistentes, tornando-se de vital importância uma evacuação imediata, para salvaguarda do(a) participante.

O que é o seguro de cancelamento de viagem?

Este opção de seguro, permite ao participante cancelar a sua viagem, caso as circunstâncias nos obriguem a cancelar a viagem ( números mínimos de participantes não atingidos ou a viagem para determinado país se torna demasiado perigosa), torna-se possível reembolsar a passagem aérea e outros custos que possa ter incorrido.

Travessia Real do Mont Blanc - 4807 Metros de Altitude

Travessia Real do Mont Blanc - 4807 Metros de Altitude

Esta actividade além de possibilitar a ascensão da montanha mais alta dos Alpes, o Mont blanc, poderá conhecer outros cumes emblemáticos da região montanhosa dos Alpes.

Sem dúvida uma das vias mais belas do maciço do Mont Blanc. Esta actividade, permite "conquistar" o cume do Mont Blanc, da forma mais autêntica, sem o uso de teleféricos.

Saídas de 3 de Agosto a 28 de Agosto de 2020

Todos os Direitos Reservados. Foto de David.

Todos os Direitos Reservados. Foto de David.

Uma actividade que não é tecnicamente muito difícil, a Travessia Real atravessa as "afiadas" arestas do Dômes de Miage, Aiguille de Bionnassy, a famosa arestas de Les Bosses, até ao cume do Mont Blanc.

Aiguille de Bionnassay. Foto de David. Todos os Direitos Reservados.

Aiguille de Bionnassay. Foto de David. Todos os Direitos Reservados.

Aresta des Bosses e cume do Mont Blanc. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Aresta des Bosses e cume do Mont Blanc. Foto de David. Todos os direitos reservados.

Aresta final, para o cume do Mont Blanc. Foto de David. Todos os Direitos Reservados.

Aresta final, para o cume do Mont Blanc. Foto de David. Todos os Direitos Reservados.

A descida, é também ela uma aventura a ter em conta, já que iremos continuar pelos 3 cumes do Mont Blanc até à Aguille du Midi.

Solicite a sua ficha de inscrição através do email: trilhosecumes@gmail.com 

Esta actividade pode realizar-se de Julho a Agosto. Agende connosco a sua disponibilidade.

Programa:

1º Dia:

Encontro em Chamonix e revisão do programa da actividade, material. Subida ao refúgio Torino para realizar a travessia de Entrevés, com grau de dificuldade AD, na escala de alpinismo. Pernoita no refúgio Torino (3.371 metros de altitude)

2º Dia:

Escalada da aresta de Rochefort, até à Aiguille du Rochefort a 4001 metros de altitude, com grau de dificuldade AD, na escala de alpinismo.

3º Dia:

Subida ao refúgio de Conscrits a 2602 metros de altitude e pernoita no refúgio.

4º Dia: 

Ascensão ao Domes ( possibilidade de ascensão à Aiguille de la Bérangèr) e descida ao refúgio Durier a 3370 metros de alitude.

5º Dia:

Ascensão e travessia da aresta sul até ao cume do Mont Blanc a 4807 metros de altitude. Descida pela rota dos "4000" até à Aiguille du Midi a 3800 metros de altitude.

6º Dia:

Dia extra, reservado para descanso ou más condições meteorológicas, 

Número de participantes:

Apenas um participante nesta actividade, por questões de segurança em alta montanha. Apenas para quem tem experiência em alta montanha e que o comprove ou tenha realizado um curso de alpinismo ministrado por um Instrutor, Monitor ou Iniciador de Alta Montanha em Portugal.

Dificuldade:

Média - Difícil: Numa escala de Fácil, Média e Difícil

Após a inscrição, será enviado em pdf um plano de treino específico para esta actividade, garantido assim o sucesso da mesma por parte do participante.

Preço Individual:

1800 €.

O que está incluído ?

  • O acompanhamento do Guia de Alta Montanha devidamente credenciado profissionalmente, durante os 6 dias da actividade.

  • Gestão prévia das reservas dos refúgios/alojamentos.

  • O alojamento do Guia de Alta Montanha no vale de Chamonix.

  • O bilhete dos teleféricos do Guia de Alta Montanha.

  • O material técnico e de segurança para a actividade: Crampons, Arnês, Piolet, Capacete (a pedido do participante)

  • Seguro de acidentes pessoais internacional, durante os dias da actividade.

O que não está incluído ?

  • Viagem até Chamonix e regresso à cidade de origem.

  • O alojamento em Chamonix sendo da responsabilidade do participante, o guia pode auxiliar

  • A estadia do Guia nos refúgios, sendo da responsabilidade do participante.

  • Bilhete dos teleféricos, comboios, túneis, portagens.

Lista de material individual obrigatório:

É fundamental ir correctamente equipado, para realizar uma actividade na alta montanha.

  • Sistema das 3 camadas: T-shirt térmica de 1ª camada, polar, Casaco Impermeável do tipo Gore-Tex.

  • Calças polares de 1ª Camada.

  • Calças de alpinismo 2ª Camada.

  • Botas de ALTA MONTANHA.

  • Meias de ALPINISMO.

  • Polainas.

  • Muda de roupa interior.

  • Mochila de Alpinismo com capacidade de 40 Litros e que tenha protector de chuva/neve.

  • Óculos de Alpinismo.

  • Óculos de tempestade (máscara de ski)

  • Passa-Montanhas

  • Protector Solar Factor 50

  • Protector Solar para os lábios.

  • Frontal e pilhas suplentes.

  • Luvas de 1ª Camada

  • Luvas de Alpinismo 2ª Camada

  • Cantil

  • Mosquetão HMS e Reverso

  • Bastões (opcional)

  • Saco - Cama com temperatura de conforto 0º C, para pernoita nos refúgios

  • Bolsa com material de higiene pessoal para os dias da actividade na montanha.

 

Mattherhorn 4478 metros de Altitude

Mattherhorn 4478 metros de Altitude

DATA:

De 10 de Agosto a 16 de Agosto de 2020.

Data limite de inscrição: 25 de Maio de 2020

DESCRIÇÃO:

Ícone dos Alpes, o imponente Matterhorn fica na fronteira entre a Suíça e a Itália.

A primeira ascensão com sucesso foi realizada em 1865 por uma equipa de alpinistas, onde estava presente o Croz e Whymper, pela face nordeste (conhecida como a aresta Hörnli ).

Além do Mattherhorn, terá a oportunidade de  escalar duas vias emblemáticas, no imponente maciço do Mont Blanc .

O Matterhorn irá surpreendê-lo, quer pela sua beleza estética desde Zermatt ou pelo seu ambiente alpino magnífico. 

Desafie-se e conheça estas extraordinárias montanhas em segurança, com um guia de alta montanha, que o ajudará a conquistar a montanha mais emblemáticados Alpes, o Mattherhorn.

Dia 1

 Viagem de Portugal até Chamonix.

Dia 2

Encontro em Chamonix com o Guia de Alta Montanha. Exercícios de revisão de escalada, num local de Chamonix, Gaillants. 

Dia 3

 Escalada da Aresta de Entrevers, com o grau de dificuldade alpino A.D.  O acesso a esta actividade de escalada clássica será a partir de Midi ou de La Palud. Ao fim do dia, pernoita no refúgio de Torino.

Dia 4

 Escalada clássica da via normal do Dent du Géant  e regresso a Chamonix  

Dia 5

Viagem de Chamonix para Zermatt e subida até ao Refúgio Hörnli. Passeio de 2 horas no teleférico Schwarzsee.

Dia 6

Ascensão do Mattherhorn pela Aresta Hörnli e descida. Regresso a Chamonix.

Dia 7

Dia de reserva caso haja mau tempo ou para descanso. Também pode ser para pernoita no refúgio Hörnli antes da viagem para Chamonix.

Dia 8

Viagem de Chamonix para Portugal. 

DURAÇÃO:

8 dias, sendo que 1 dia de viagem de Portugal para Chamonix e 1 dia de Chamonix para Portugal, 6 dias de actividade efectiva, mais 1 dia extra para o caso de as condições meteorológicas piorarem

ONDE:

Chamonix, Zermatt, Mont Blanc e Mattherhorn.

DIFICULDADE:

Difícil, numa escala de: Fácil, Média, Difícil.

PARTICIPANTES:

Limitado a 1 participante por questões de segurança e progressão na montanha, visto ser uma montanha tecnicamente e fisicamente difícil. 

Nota: Os participantes deverão ter frequentado um curso de alpinismo ou informar que ascensões a outras montanhas já realizaram. Dá-se preferência na inscrição, a quem tenha participado num curso de alpinismo da Trilhos e Cumes.

MATERIAL INDIVIDUAL NECESSÁRIO:

É fundamental estar devidamente equipado, com especial atenção às botas de montanhismo/alpinismo, não esquecendo o restante material. 

  • Sistema das 3 camadas:

            T-Shirt Térmica.

            Polar.

            Impermeável/Corta-Vento de montanhismo/alpinismo.

  • Calças de Montanhismo/Alpinismo.

  • Calças de Polares de 1ª Camada.

  • Botas de alpinismo/montanhismo.

  • Meias de montanhismo/alpinismo.

  • Muda de Roupa Interior.

  • Polainas

  • Mochila de Alpinismo com capacidade de 45 Litros.

  • Óculos de sol para alpinismo com a máxima protecção U.V. e 1 par de óculos para tempestades em montanha.

  • Gorro ou passa - montanhas.

  • Chapéu de Sol.

  • Luvas de 1ª Camada.

  • Luvas de 2ª Camada.

  • Protector Solar de máxima protecção.

  • Cantil.

  • Frontal e pilhas suplentes para o frontal.

  • Arnês.

  • Fita de Auto-segurança, como por exemplo uma Daisy-Chain.

  • 1 Reverso.

  • 1 Mosquetão HMS, para se utilizar com o Reverso.

  • Crampons com anti-snow.

  • Piolet clássico

  • Capacete

  • Saco-cama para as pernoitas nos refúgios.

  • Bolsa de higiene e respectivo material de higiene pessoal

PREÇO:

1800€  

O QUE ESTÁ INCLUÍDO?

- Um plano de treino específico que será enviado por email, após a pré-inscrição.

- Acompanhamento técnico do Guia de Alta Montanha devidamente credenciado, durante os dias de actividade.

- Gestão prévia das reservas nos refúgios de montanha/hotel/alojamento local.

- Despesas de alojamento e alimentação  do Guia de Alta Montanha em Chamonix.

- Despesas de deslocação do Guia de Alta Montanha até Chamonix.

- Bilhetes do Guia de Alta de Montanha para o teleférico em Chamonix.

- Material técnico de segurança, caso o participante não o tenha (Crampons, Piolet, Arnês e Capacete)

- Seguro de acidentes pessoais.

NÃO INCLUI:

 - Transporte de Portugal - Chamonix - Portugal.

- Alojamentos em Chamonix.

-  O alojamento e as refeições nos refúgios do Guia de Alta Montanha (sendo este custo suportado pelo participante, durante a actividade.)

- Bilhetes de teleféricos, comboio, portagens, passagem do túnel de Chamonix.

Inscrição através do email: trilhosecumes@gmail.com 

 Sierra de Gredos

Sierra de Gredos

Data: 2 a 4 de Setembro de 2020

Data limite para reservas: 5 de Agosto de 2020

Solicita a tua ficha de inscrição através do email trilhosecumes@gmail.com

Número máximo de participantes: 2 Participantes . A actividade só se realiza com 2 participantes.

Uma verdadeira aventura de montanhismo, com acampamento em plena montanha. A actividade consiste numa marcha de montanha até ao Circo de Gredos, onde iremos passar por cabras montês selvagens, paisagens de cortar a respiração e pela margem da Laguna Grande.

A pernoita será em tendas de montanhismo (incluídas na actividade).

O objectivo principal será a ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

Almanzor deriva do nome Árabe AL-Mansur, que significa “ O Vitorioso”. Era um líder militar e religioso em Espanha no período Muçulmano, durante o fim do século X. O seu cognome “vitorioso” é fruto das vitórias durante a reconquista contra os Cristãos.

Durante as campanhas, consta que passou várias vezes por esta zona montanhosa, onde ficará encantado pela beleza desta montanha.

Aventure-se connosco e deixe-se encantar pelas paisagens fantásticas desta montanha pertencente à cadeia montanhosa Sistema Central Ibérico, da qual a Serra da Estrela é parte integrante.

vista-desde-almanzor-3.jpg

1º Dia

2º Dia

  • Alvorada às 7h30m

  • Pequeno-Almoço às 7h45m

  • Início da ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

  • Almoço durante a ascensão.

  • Cume do Almanzor

  • Regresso ao acampamento.

  • Jantar no acampamento.

3º Dia

  • Alvorada às 6h00m da manhã.

  • Desmontagem do acampamento.

  • Pequeno-Almoço 6h30m.

  • Início da marcha de montanha de regresso à plataforma de Gredos

  • Entre as 12h:00m e as 13h:00m, chegada à Covilhã. Os (as) participantes deverão comprar os bilhetes de transporte para regresso a casa desde a Covilhã, a partir das 15h00m

  • Fim da actividade

Preço Individual:

200 € 

O que está incluído ?

  • Transporte desde a Covilhã até Sierra de Gredos e regresso à Covilhã.

  • Acompanhamento técnico do guia de montanha português devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, durante a actividade.

  • Tendas de montanhismo/alpinismo.

  • Capacete.

  • Arnês.

  • Corda.

  • Material de escalada.

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.

Lista de Material Individual:

  • Mochila com 50 Litros de Capacidade

  • Saco-Cama

  • Esteira/Colchonete

  • Óculos de Sol

  • Protector Solar, factor 50

  • Gorro ou Passa-Montanhas

  • Roupa para a viagem de ida e regresso (Fica na viatura)

  • Luvas Polares

  • Polar

  • 1 Polar Suplente

  • 2 T-Shirt´s Térmicas ou normais do dia-a-dia

  • 1 Impermeável

  • Calças de Montanhismo

  • 2 Pares de Meias de Montanhismo

  • Botas de Montanhismo

  • Muda de roupa interior para 3 dias

  • Toalhitas

  • Cantil 1,5 Lt ou 1 Garrafa de Água de 1,5 Lt

  • Material de Higiene Pessoal

Alimentação a levar:

  • 2 Pequenos-almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Jantares ( Pacotes de Comida Liofilizada, ou ao critério de cada participante)

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • Bolachas


Sierra de Gredos

Sierra de Gredos

Data: 7 a 9 de Setembro de 2020

Data limite para reservas: 5 de Agosto de 2020

Solicita a tua ficha de inscrição através do email trilhosecumes@gmail.com

Número máximo de participantes: 2 Participantes . A actividade só se realiza com 2 participantes.

Uma verdadeira aventura de montanhismo, com acampamento em plena montanha. A actividade consiste numa marcha de montanha até ao Circo de Gredos, onde iremos passar por cabras montês selvagens, paisagens de cortar a respiração e pela margem da Laguna Grande.

A pernoita será em tendas de montanhismo (incluídas na actividade).

O objectivo principal será a ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

Almanzor deriva do nome Árabe AL-Mansur, que significa “ O Vitorioso”. Era um líder militar e religioso em Espanha no período Muçulmano, durante o fim do século X. O seu cognome “vitorioso” é fruto das vitórias durante a reconquista contra os Cristãos.

Durante as campanhas, consta que passou várias vezes por esta zona montanhosa, onde ficará encantado pela beleza desta montanha.

Aventure-se connosco e deixe-se encantar pelas paisagens fantásticas desta montanha pertencente à cadeia montanhosa Sistema Central Ibérico, da qual a Serra da Estrela é parte integrante.

vista-desde-almanzor-3.jpg

1º Dia

2º Dia

  • Alvorada às 7h30m

  • Pequeno-Almoço às 7h45m

  • Início da ascensão ao cume Almanzor, com 2592 metros de altitude.

  • Almoço durante a ascensão.

  • Cume do Almanzor

  • Regresso ao acampamento.

  • Jantar no acampamento.

3º Dia

  • Alvorada às 6h00m da manhã.

  • Desmontagem do acampamento.

  • Pequeno-Almoço 6h30m.

  • Início da marcha de montanha de regresso à plataforma de Gredos

  • Entre as 12h:00m e as 13h:00m, chegada à Covilhã. Os (as) participantes deverão comprar os bilhetes de transporte para regresso a casa desde a Covilhã, a partir das 15h00m

  • Fim da actividade

Preço Individual:

200 € 

O que está incluído ?

  • Transporte desde a Covilhã até Sierra de Gredos e regresso à Covilhã.

  • Acompanhamento técnico do guia de montanha português devidamente credenciado profissionalmente pela Escola Nacional de Montanhismo, durante a actividade.

  • Tendas de montanhismo/alpinismo.

  • Capacete.

  • Arnês.

  • Corda.

  • Material de escalada.

  • Seguro de Responsabilidade Civil e de Acidentes Pessoais.

Lista de Material Individual:

  • Mochila com 50 Litros de Capacidade

  • Saco-Cama

  • Esteira/Colchonete

  • Óculos de Sol

  • Protector Solar, factor 50

  • Gorro ou Passa-Montanhas

  • Roupa para a viagem de ida e regresso (Fica na viatura)

  • Luvas Polares

  • Polar

  • 1 Polar Suplente

  • 2 T-Shirt´s Térmicas ou normais do dia-a-dia

  • 1 Impermeável

  • Calças de Montanhismo

  • 2 Pares de Meias de Montanhismo

  • Botas de Montanhismo

  • Muda de roupa interior para 3 dias

  • Toalhitas

  • Cantil 1,5 Lt ou 1 Garrafa de Água de 1,5 Lt

  • Material de Higiene Pessoal

Alimentação a levar:

  • 2 Pequenos-almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Almoços (Sandes, Fruta, Sumos)

  • 2 Jantares ( Pacotes de Comida Liofilizada, ou ao critério de cada participante)

  • Barras energéticas

  • Frutos secos

  • Bolachas


Kilimanjaro 5895 metros de altitude

Kilimanjaro 5895 metros de altitude

Kilimanjaro,

O próprio nome é um mistério entre as nuvens. Pode significar Monte da Luz ou Montanha da Grandeza.

Os habitantes locais - os Wachagga - não têm qualquer nome para todo o maciço, apenas Kipoo, atribuído ao cume nevado que desponta no seu topo.

É o topo do continente africano e pertence aos famosos 7 cumes ( montanha mais alta de cada continente ).

É conhecido também por pérola da África Oriental e ao visitar esta magnifica montanha, vai perceber a razão.

O Kilimanjaro  é uma das montanhas mais acessíveis do mundo. Um montanhista ao tentar subir ao seu cume, necessita apenas de determinação, resistência cardiovascular, vestuário de montanha apropriado e um guia de montanha devidamente credenciado.

O Kilimanjaro é mais que apenas a conquista do seu cume.  A ascensão até ao cume da montanha, torna-se também uma viagem onde poderá sentir vários tipos de climas ou condições meteorológicas, indo desde o clima dos Trópicos até ao Oceano Ártico.

Acima dos 4000 metros de altitude, o cenário transforma-se num surreal deserto alpino, onde estará presente um mundo de gelo e neve, culminando no tecto do continente Africano.

Estes e outros segredos esperam por si, nesta grande aventura até ao topo do extraordinário continente africano. 

PROGRAMA:

  • ASCENSÃO DO KILIMANJARO ATRAVÉS DA ROTA MACHAME

DURAÇÃO:

  • 7 dias de actividade, mais os dias de viagem de ida e regresso, desde a cidade de origem.

Dia 0:

  • Chegada ao aeroporto Moshi, na Tanzânia.

  • Encontro com o guia de montanha.

Dia 1:

  • Desde Moshi até ao Machame Gate e pernoita no refúgio Machame (Pensão Completa)

  • Desnível: Desde os 1830 metros até aos 3000 metros de altitude

  • Duração: 6 a 7 horas.

Dia 2:

  • Desde o refúgio Machame até ao acampamento Shira

  • Desnível: Desde os 3000 até aos 3840 metros de altitude

  • Duração: 4 a 6 horas

Dia 3:

  • Desde o acampamento Barranco até ao acampamento Barafu

  • Distância: 10 Quilómetros.

  • Duração: 8 a 10 horas

Dia 4:

  • Desde o acampamento Barafu até ao acampamento Karanga.

  • Distância: 4 Quilómetros

  • Duração: 4 a 5 horas

Dia 5:

  • Desde o acampamento Karanga até ao acampamento Barafu (processo de aclimatação para ataque ao cume no dia seguinte)

  • Distância: 4,6 Quilómetros

  • Duração: 4 a 5 horas

Dia 6:

  • Desde o acampamento Barafu - Cume do Kilimanjaro - e descida até acampamento Mweka.

  • Distância: 3,1 Quilómetros.

  • Duração: 13 a 15 horas.

O dia de subida ao cume, inicia-se à meia-noite e durante o escuro da noite, sendo obrigatório e fundamental que cada participante tenha um frontal.

Dia 7:

  • Desde o acampamento Mweka até ao portão Mweka

  • Distância: 13 Quilómetros

  • Duração: 4 a 5 horas

  • Desde o portão Mweka, transporte até ao hotel em Moshi

  • Fim da actividade e dos nossos serviços

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL OBRIGATÓRIO PARA SUA SEGURANÇA E COMODIDADE:

  • Frontal e pilhas suplentes

  • Protector solar de factor 50

  • Óculos de sol

  • 2 Bastões de caminhada

  • Saco de expedição, com 60 a 80 litros de capacidade.

  • Mochila de Montanhismo 40 a 50 litros de capacidade

  • 1 Passa - Montanhas

  • Chapéu de Sol

  • Calças polares de 1ª Camada

  • Calças de montanhismo/impermeáveis

  • Luvas polares de 1ª Camada

  • Luvas impermeáveis de 2º Camada

  • Botas de montanhismo

  • Polainas

  • Muda de Roupa interior para os dias na montanha

  • Impermeável de montanhismo

  • 1 Casaco Polar

  • 4 T-shirt's térmicas de manga comprida

  • 1 Polo Polar

  • 1 Sweat - shirt

  • 4 Pares de meias de montanhismo

  • Estojo de 1ºs Socorros

  • 1 Rolo de papel higiénico

  • Toalha

  • Bolsa com material de higiene: Escova e pasta de dentes, pente, shampoo e gel de duche.

  • Saco-cama com a temperatura de conforto - 25º C

  • Esteira / Colchonete

  • Cantil

INSCRIÇÕES : Solicite a sua ficha de inscrição através do email trilhosecumes@gmail.com

Data Limite Obrigatória por questões de logística e reserva nos voos: 25 de Julho 2019

PREÇO INDIVIDUAL: 2200 € 

Pode ser reservado em duas prestações:

  • 60% atè 25 de Maio de 2019

  • 40% até 25 de Junho de 2019

Preço dos voos Portugal Kilimanjaro Portugal, sob consulta e não incluído na actividade. Será feita através da nossa agência de viagens, parceira da Trilhos e Cumes. Quanto mais rápido for realizada a reserva, mais barato se torna os preços individuais dos voos.

O QUE ESTÁ INCLUIDO ?

  • Acompanhamento técnico do Guia de Montanha Português, credenciado profissionalmente, durante a actividade.

  • Salário do cozinheiro, carregadores e do Guia de Montanha Local, devidamente credenciado profissionalmente.

  • Voucher de 10% de Desconto Imediato da Loja North Face de Aveiro (Portes de envio grátis)

  • Transferes do Aeroporto

  • Estadia no Hotel em Moshi

  • Transporte para a montanha e regresso da montanha

  • Toda a alimentação e bebida durante a ascensão do Kilimanjaro

  • Taxas de entrada e resgate ( em caso de emergência ) no Parque Nacional do Kilimanjaro

  • Água engarrafa durante a ascensão do Kilimanjaro

  • Medidores de oxigénio ( para medir o oxigénio no sangue de cada participante por questões de segurança)

  • Garrafa de oxigénio (utilizado em caso de emergência, devido ao mal de altitude)

  • Taxas de Campismo ( acampamentos de altitude ) e refúgios de montanha

  • Equipamento e utensílios de cozinha

  • Cadeiras e mesa de refeições

  • Pratos, copos e talheres.

  • Tendas de montanhismo.

  • Tenda-Messe para as refeições

  • Água quente para a higiene pessoal

NÃO INCLUÍ:

  • Viagens de avião desde a cidade de origem - Kilimanjaro - regresso à cidade de origem.

  • Pequena oferta monetário aos carregadores, cozinheiro.

  • Refeições no Hotel

Trekking até ao Acampamento Base do Annapurna

Trekking até ao Acampamento Base do Annapurna

Aventure-se connosco e conheça paisagens com montanhas e vales de cortar a respiração no Nepal, o paraíso dos montanhistas. Esta marcha de montanha (trekking) vai levar-vos ao acampamento base do Annapurna, pertencente às famosas 14 montanhas com mais de 8000 metros de altitude. Não só veremos esta montanha, como outras de 6000 metros a 8000 metros de altitude durante a nossa marcha de montanha ( trekking ). Passaremos por florestas, rios, e lodges - nome dos refúgios onde iremos pernoitar - Em Kathmandu também iremos visitar e percorrer as famosas ruas e lojas de Thamel, parte turística de Kathmandu, de onde as expedições partem para a conquista dos cumes mais altos do Mundo. Uma aventura inesquecível que ficará para sempre na sua memória. Saia da sua zona de conforto, e participe numa aventura única, num País extraordinário.

Kathmandu.jpg


ITINERÁRIO

1º Dia: ( Deverá sair de Portugal, 24 horas antes da chegada a Kathmandu, Nepal)

Chegada a Kathmandu,, Aeroporto Internacional Tribhuvan - 1350 metros de altitude e transfer para o hotel.

Iremos encontrar-mo-nos com os restantes elementos da organização na chegada ao aeroporto , onde nos levarão em transporte privado até ao Hotel em Thamel. Nesta localidade em Kahtmandu, poderemos encontrar muitas lojas, bares, restaurantes. A pernoita neste Hotel está incluída na actividade.

2º Dia: Viagem em viatura até Pokhara - 820 metros de altitude. Distância 205 Quilómetros., 6 a 7 horas.

Pokhara.jpg

Após o pequeno - Almoço no Hotel, iremos até Pokhara de autocarro. Durante a viagem, iremos ver os famosos Rios Trishuli e Marsyangdi ao longo de paisagens verdejantes e montanhas rochosas. Pokhara é um vale extraordinário localizado na margem do lago Phewa, conhecido pelas fantásticas paisagens para o Annapurna - 8091 metros de altitude -, Machapuchare - 6993 metros de altitude - a Norte, Dhaulagiri - 8169 metros de altitude - a Oeste, Manaslu - 8156 metros de altitude - e Lamjung Himal - 6983 metros de altitude - a Este. A pernoita será no refúgio na margem deste fantástico lago.

3º Dia : Viagem para Naypapul - 1050 metros de altitude - e de seguida para Tikhedunga - 1540 metros de altitude. Distância 43 Quilómetros, duração 3 a 4 horas.

Após um rico pequeno-almoço, iremos fazer uma viagem de 3 a 4 horas, através de paisagens únicas e fantásticas até Nayapul., onde iremos iniciar o nosso trekking. Durante o trajecto passaremos por florestas, tendo como companhia o rio. Este local é onde partem as expedições para os acampamentos base do Annapurna e para Macchapuchhre, onde mais à frente iremos percorrer o trilho na margem norte de Bhurungdi Khola e após uma pequena subida chegaremos a Tikhedhunga a 1570 metros de altitude.

Iremos pernoitar no refúgio, com pequeno-almoço, almoço e jantar.

4º Dia: Trekking de Tikhedung até Ghorepani, 2860 metros de altitude. Distância 13 Quilómetros, 5 a 6 horas.

Ghorepani.jpg

Percorreremos o trilho até à localidade Ulleri a 2070 metros de altitude. Durante este trajecto seremos brindados com fantásticas paisagens para as montanhas nevadas tais como o Annapurna, Macchapuchhare e Hiunchuli. Durante este dia poderemos ver macacos durante o trajecto e outros animais presentes nas margens dos trilhos. O objectivo deste dia será a localidade de Ghorepani a 2860 metros de altitude, localizada numa bonita aresta. Aqui teremos paisagens de “cortar a respiração”. Poderemos ver várias montanhas entre elas o Annapurna e o cume famoso cume conhecido como “Fishtail” da montanha Macchapuchhare.

Iremos pernoitar em refúgio com pequeno-almoço, almoço e jantar.

5º Dia: Alvorada será bem cedo para subir até Poon Hill - 3210 metros de altitude. Distância 1 Quilómetro, 45 minutos e Tadapani, 2630 metros de altitude, durante 4 horas.

Poon hill.jpg

A alvorada será muito cedo para que possamos subir até Poon Hill - 3210 metros de altitude - para que possamos observar o nascer-do-sol sobre a cadeia montanhosa dos Himalaias. Um cenário a não perder que valerá todo o esforço da subida. Após a observação do nascer-do-sol voltaremos ao refúgio para tomar o pequeno-almoço. Após o pequeno-almoço seguiremos o nosso trilho até à localidade Deurali- 2960 metros de altitude e desceremos até Bandhani e finalmente chegaremos a Tadapani - 2630 metros de alitude.

Pernoita em refúgio com pequeno-almoço, almoço e jantar.

6º Dia: Tadapani até Chomrong - 2165 metros de altitude. Distância 8 Quilómetros, duração de 5 horas.

chomrong.jpg

Após o pequeno-almoço, iniciaremos o trekking onde passaremos por Ghandruk e desceremos até ao Rio Kimron e subiremos até Chhomrong, Chhomrong já é uma aldeia localizada na região do Annapurna e em plena encosta, onde iremos pernoitar, com vista para os Annapurnas.

Pernoita em refúgio com pequeno-almoço, almoço e jantar.

7º Dia: Chomrong até Himalaya - 2890 metros de altitude. Duração 5 a 6 horas.

Hymalaya.jpg

Hoje o dia será mais longo, desceremos um pouco, seguindo o trilho até Chomrong Khola, e subiremos até ao Vale do Rio Modi. Continuaremos pelo trilho e passaremos por locais onde estão presentes a flor nacional do Nepal e zonas de bambu.

8º Dia: Himalaya até ao Acampamento Base o Annapurna, 4130 metros de altitude. Duração de 5 horas.

Annapurna-Base-Camp-trek-in-Spring-September-October-November-1024x540.jpg

Após o pequeno-almoço, seguiremos pelo vale glaciar de Modi Khola e por floresta. Passaremos por uma passagem onde estará presente um marco rochoso de seu nome Hinku Cave e por lodges (refúgios) da aldeia Deurali, marcando a entrada principal do “Santuário do Annapurna” que nos levará ao Acampamento Base do Annapurna, local onde os Alpinistas, iniciam a “conquista” do cume desta fantástica montanha. Estaremos a progredir no terreno perto dos glaciares do Annapurna. Durante a marcha de montanha, passaremos também pelo Acampamento Base do Machhapuchhre, onde teremos o privilégio de observar outras montanhas que nos rodeiam deste local. Desde o acampamento base do Annapurna, teremos uma paisagem de 360º, com paisagens sobre Hiunchuli, Annapurna I (8097 metros de altitude), Khangsar Kang, Gangapurna, Annapurna III e Machhapuchhare, Dhaulagiri, Manaslu, Pisang Peak, Paungda Danda. Este será o dia que nunca mais irá esquecer.

Passaremos a noite no acampamento base do Annapurna em refúgio com Pequeno-Almoço, Almoço e Jantar.

9º Dia: Acampamento base do Annapurna até Bamboo - 2350 metros de altitude - Distância: 16 Quilómetros. Duração: 6 horas.

Depois de deixarmos as nossas pegadas no acampamento base do Annapurna, após um excelente pequeno-almoço, seguiremos em direcção ao vale do Rio Modi. Teremos como companhia enormes montanhas e sentiremos o frio que elas “enviam”, ou não fosse este trajecto uma verdadeira paisagem de montanha . Após esta longa marcha de montanha Marcha de montanha (trekking) chegaremos a Bamboo onde iremos pernoitar num refúgio com pequeno-almoço, almoço e jantar.

10º Dia: Bamboo até Jhinu Danda - 1780 metros de altitude - Distância: 8,5 Quilómetros. Duração: 3 a 4 horas

Jhinu danda.jpg

Após o longo dia anterior. Seguiremos o nosso caminho, rio abaixo. Passaremos por um cenário de floresta de carvalhos e outras espécies . Seguiremos até Jhinu Danda, um local exótico e de extrema beleza paisagística. Aqui podemos descansar os cansados músculos enquanto observamos a fantástica paisagem ao nosso redor e celebramos a nossa conquista, que fora o trekking (marcha de montanha) até ao acampamento base do Annapurna. Esta aldeia fica localizada perto de um rio.

Iremos pernoitar em refúgio com pequeno-almoço, almoço e jantar.

11º Dia: Jhinu Danda até Shivalaya/Nayapul 1050 metros de altitude. Distância: 13 Quilómetros. Duração: 4 a 5 horas e viagem em veículo próprio até Phokhara - 820 metros de altitude. Duração: 2 horas.

Shivalaya.jpg

Chegamos ao fim dos trilhos na montanha. Após sairmos de Jhinu Danda, seguiremos o percurso ao longo da margem direita do Rio Modi Khola. Um dos trajectos mais relaxantes da nossa actividade. Chegaremos a Nayapul. Aqui dizemos adeus aos trilhos de montanha e seguiremos em viatura através das pitorescas estradas e vilas de montanha até Pokhara. Pernoitaremos em Hotel, junto ao lago, com pequeno-almoço, almoço e jantar.

12º Dia: Viagem em viatura de Pokhara até Kathmadu - 1350 metros de altitude. Duração: 6 a 7 horas.

Kathmandu.jpg

De madrugada, sairemos de Pokhara em autocarro. A viagem terá uma extensão de 200 Quilómetros ao longo do Rio Marsyangdi e do Rio Trishuli, oferecendo-nos um cenárionatural extraordinário. O termino da viagem será no vale dos Deuses, Kathmandu a Capital do Nepal. O alojamento será em Hotel em Kathmandu com pequeno-almoço incluido.

Teremos tarde e noite livre em Kathmandu.

13º Dia: Transfere privado do Hotel para o Aeroporto International Tribhuvan de Katmandu

Os voos até à cidade de origem ( Portugal ) demorará 24 horas.

14º Dia : Chegada a Portugal e Fim da Actividade. 

PREÇO INDIVIDUAL:

  • 1500 € ( Voos à parte. Reserva connosco os voos Portugal - Nepal - Portugal. Quanto mais antecedência forem reservados os voos, mais barato os preços)

  • 1 ª Prestação: 750 € até 15 de Agosto de 2020

  • 2 ª Prestação: 750 € até 15 de Setembro de 2020

Inscrições através do email trilhosecumes@gmail.com

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após a inscrição na actividade. (Vestuário e equipamento)

O QUE ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Acompanhamento técnico do Guia de Montanha Profissional Português durante a actividade ( Nota: se os participantes forem só 2 na actividade, não inclui Guia de Montanha Profissional Português, sendo os participantes integrados num grupo internacional e com Guia de Montanha Profissional Nepalês )

  • Transporte privado do Aeroporto Internacional de Kahtmandu para o Hotel e do Hotel para o Aeroporto Internacional de Kathmandu

  • Transporte de Kathmandu para Pokhara e de Pokhara para Kathmandu.

  • Transporte privado de Pokhara para o Hotel em Lakeside.

  • Transporte privado de Pokhara para Nayapul (local onde se inicia a marcha de montanha (trekking) e onde termina a marcha de montanha (trekking) )

  • 2 Noites com pequeno-almoço em Hotel de 3 estrelas em Kathmandu (Quarto duplo)

  • 2 Noites em Hotel com pequeno-almoço, em Pokhara

  • 8 Noites em lodges/teahouse´s (refúgios), em regime de quarto duplo

  • 9 Pequenos-almoços, 9 Almoços, 8 Jantares durante a marcha de montanha (trekking)

  • 1 Carregador para cada 2 participantes. ( 9 Quilos por cada participante no máximo)

  • Seguros, refeições, salário, alojamento dos carregadores.

  • Purificadores de água, caso seja necessário.

  • Bolachas e fruta da época todos os dias durante a marcha de montanha.

  • Taxa de Permissão de entrada no Parque do Annapurna.

  • Taxa de Permissão de Trekking.

  • Taxas governamentais locais.

  • Oximetro, para controlo de oxigénio no sangue, para prevenção do mal de altitude.

  • Kit médico.

  • Certificado de chegada ao Acampamento Base do Annapurna.

  • Jantar de despedida em Kathmandu com a organização.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ? 

  • Voo de Portugal - Kathmandu - Portugal (Sob consulta. quanto mais rápido reservar o lugar na actividade e solicitar-nos a reserva nos voos, mais barato serão os bilhetes de avião)

  • Visto Turístico de Entrada no Nepal ( Solicitar na embaixada no Nepal, o visto de entrada para 30 dias no mínimo )

  • Taxa de excesso de bagagem para os carregadores ( Máximo 9 Quilos por participante)

  • Almoços e Jantares em Kathmandu antes e depois do Trekking

  • Noites extra em Kathmandu

  • Despesas pessoais ( Compras, Internet, Alcool, bebidas durante as refeições, duches de água quente, carregamento de bateria de telemóvel, chamadas telefónicas)

  • Vestuário e Equipamento Pessoal

  • Oferta monetária aos carregadores

  • Custos adicionais provocando atrasos causados por deslizamento de terras, condições meteorológica.

  • TODAS AS DESPESAS QUE NÃO ESTEJAM DESCRIMINADAS NA SECÇÃO “ O que está incluído ? “

Trekking na Região do Manaslu

Trekking na Região do Manaslu

Aventure-se connosco e conheça paisagens com montanhas e vales de cortar a respiração no Nepal, o paraíso dos montanhistas. Esta marcha de montanha (trekking) vai levar-vos ao acampamento base do Annapurna, pertencente às famosas 14 montanhas com mais de 8000 metros de altitude. Não só veremos esta montanha, como outras de 6000 metros a 8000 metros de altitude durante a nossa marcha de montanha ( trekking ). Passaremos por florestas, rios, e lodges - nome dos refúgios onde iremos pernoitar - Em Kathmandu também iremos visitar e percorrer as famosas ruas e lojas de Thamel, parte turística de Kathmandu, de onde as expedições partem para a conquista dos cumes mais altos do Mundo. Uma aventura inesquecível que ficará para sempre na sua memória. Saia da sua zona de conforto, e participe numa aventura única, num País extraordinário.

Número mínimo de participantes: 3

Número máximo de participantes: 6

Data limite para pré-reservar o seu lugar: 15 - 8 - 2020. Consultar plano de pagamento mais abaixo.

Kathmandu.jpg


ITINERÁRIO

1º Dia: ( Deverá sair de Portugal, 24 horas antes da chegada a Kathmandu, Nepal)

Chegada a Kathmandu,, Aeroporto Internacional Tribhuvan - 1350 metros de altitude e transfer para o hotel.

Iremos encontrar-mo-nos com os restantes elementos da organização na chegada ao aeroporto , onde nos levarão em transporte privado até ao Hotel em Thamel. Nesta localidade em Kahtmandu, poderemos encontrar muitas lojas, bares, restaurantes. A pernoita neste Hotel está incluída na actividade, com pequeno-almoço.

2º Dia: Dia de descanso e preparação do trekking

Este dia servirá para um “briefing”, preparação do equipamento e da permissão especial do trekking do Manaslu. 


3º Dia: Viagem de autocarro para Arughat, 126 quilómetros e depois para Soti Khola, 36 quilómetros. 6 a 8 horas.

Percorreremos a estrada de Prithv, a ocidente de Kathamdu, onde teremos por companhia, paisagens fantásticas para o Rio Trishuli. Arughat situa-se nas duas margens do Rio Buhdi Gandaki, ligadas por uma ponte suspensa. Nas duas horas seguintes chegaremos a Soti Khola. Passaremos por Dhading Bensi, que é a capital do Distrito de Dhading. Teremos como paisagens a cordilheira Manaslu e Ganesh Himal, pequenas vilas ao longo do Rio Budhi Gandaki, até Soti Khola.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Kaligandaki_ghasa.jpg

4º Dia: Soti Khola até Machha Khola, 890 metros de altitude. Distância: 10 Quilómetros. Duração: 6 a 7 horas.

Um dia longo nos espera até Machha Khola. Após o pequeno-almoço iniciaremos a marcha de montanha, com paisagens de quedas de água. Subiremos até uma aresta acima dos rápidos do Rio Budhi Gandaki até à aldeia Liding (750 metros de altitude). Seguiremos o nosso trilho até Khursane a 750 metros de altitude. Após o Rio Budhi Gandaki começaremos a visualizar as magnificas paisagens do Circuito do Annapurna entre Bahundand e Syange. Passaremos por arrozais até à Vila de Lapresi. Seguiremos o nosso trilho que nos levará a ponte suspensa. Após esta passagem em breve chegaremos ao nosso objectivo do dia, a vila de Machha Khola.

A pernoita será em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

bhudi Gadanki.jpg

5º Dia: Machha Khola até Dobhan, 1070 metros de altitude. Duração: 4 a 5 horas.

O trilho de hoje será marcado por algumas subidas e descidas. Cumes do Manaslu Himal e Kutang Himal serão avistados neste trajecto. Khorla Besi é uma pequena e bonita Vila Gurung, fazendo parte de muitos Trekking´s. Após outra subida, chegaremos a Tatopani. Passaremos novamente por uma ponte suspensa acima do Rio Budhi Gandaki, subiremos por uns degraus construídos pelos habitantes numa aresta, até chegarmos a Dobhan, onde iremos pernoitar.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Tatopani_jpeg_220.jpg

6º Dia: Dobhan até Philim, 1570 metros de altitude. Duração: 5 a 6 horas.

Após o pequeno-almoço, seguiremos em direcção a Jagat. Este local é o início/entrada da Área de Conservação da Região da Montanha Manaslu. Passaremos por zonas onde estão presentes as famosas bandeiras de oração Budista. Depois de Jagat, seguiremos para Dudh Pokhari Khola. Seguiremos o nosso trilho, onde teremos por companhia arrozais e campos de milho. Voltaremos a subir e seremos brindados pelo brilho dos cumes nevados das montanhas Singri Himal e Langiu Himal. Após várias subidas e descidas ao longo deste dia, chegaremos à extraordinária vila de Philim, onde iremos pernoitar.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Philim.jpg

7º Dia: Philim até Deng, 1860 metros de altitude. Duração: 4 a 5 horas.

O trajecto de hoje tende a ser mais “calmo” com paisagens naturais de cortar a respiração. Cumes nevados ao nosso redor, com impressionantes quedas de água em ambos os lados do vale que estamos a percorrer. até Ekle Bhatti. Entramos num desfiladeiro íngreme e deserto, até uma zona relvada e rodeada de pinheiros., onde voltaremos a cruzar o Rio Budhi Gandaki através de uma ponte suspensa, até à outra margem do rio, onde iremos percorrer um trilho rodeado de bamboo, até à Vila de Deng.

A pernoita será num refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Deng.jpg

8º Dia: Deng até Ghap, 2250 metros de altitude. Duração 4 a 5 horas.

Após o pequeno-almoço subiremos até Sringi Khola, acima do Rio Budhi Gandaki. Seguiremos por um trilho onde iremos encontrar vários shorten´s (memoriais), antes de chegarmos à vila de Ghap. Este locais são indicadores do Budismo Tibetano. Ao chegarmos a Ghap, teremos a possibilidade de observar as semelhanças do estilo de vida tibetano.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

 9º Dia: Ghap até Namrung, 2660 metros de altitude. Duração: 4 a 5 horas.

Desde a vila de Ghap, o nosso objectivo de hoje será Namrung. Iniciaremos o trilho via Prok Town. Passaremos por um desfiladeiro sobre o Rio Budhi Gandaki. Passaremos por florestas e bambos.. Veremos vários animais típicos da região, até chegarmos a Namrung. Um dia calmo de marcha de montanha até aos 2660 metros de altitude, onde iremos pernoitar.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

namrung-village.jpg

10º Dia: Namrung até Lho, 3180 metros de altitude. Distância: 11 Quilómetros. Duração: 5 a 6 horas

Sairemos de Namrung através de um ponte sobre o Rio Budhi Gandaki, até passarmos por terrenos agrícolas. Assim que começarmos a subir até Nupri, o idioma falado aqui começa a ser a língua Tibetana. Durante a marcha de montanha passaremos por vários tipos de terreno. A medida que o dia avança, conseguiremos ver de mais perto a imponente montanha Manaslu com 8156 metros de altitude e o cume Naike com cerca de 5515 metros de altitude. Brevemente chegaremos ao nosso objectivo do dia a 3180 metros a vila de Lho. Em Lho podemos encontrar um mosteiro e vários “shortens” , marcas de civilização Tibetana.

Pernoita em refúgio com pequeno-almoço, almoço e jantar.

lho.jpg

11º Dia: Lho até Samagun, 3530 metros de altitude. Distância: 17 Quilómetros. Duração: 4 a 5 horas.

Desde Lho teremos o privilégio de observar muitas montanhas durante o trilho, tais como Ngadi Chuli - 7879 metros de altitude, HiungChuli - 7879 metros de altitude, entre outras com 7000 metros de altitude. Desde a localidade Shyala, iremos percorrer o local que deu origem ao Glaciar de Pungyen. Ao caminharmos pela moreia do glaciar, iremos passar por vários mosteiros e “shortens”. À medida que avançamos no terreno, este torna-se mais desafiador até Thosang Khola. Aqui desceremos um pouco na moreia do glaciar até entrarmos nos campos da aldeia Samagun, onde iremos pernoitar.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

samagon.jpg
jomsom-muktinath-trek26.jpg

12º Dia: Dia de descanso em Samagun.

Passaremos o dia em Samagun. A esta altitude já é fundamental que aclimatemos, para evitar o perigoso mal de altitude. Não iremos ficar no refúgio/lodge o dia todo, iremos explorar a vila rica em cultura Budista, observar o estilo de vida e viver a sua cultura. Teremos mais actividades durante o dia, ou faremos uma marcha de montanha até ao acampamento base do Manaslu, local onde as expedições partem para a “conquista” do seu cume, ou vamos até ao Lago Birendra e subimos uma aresta rochosa para visitar o Mosteiro Pungyen. Este mosteiro fica a Sul de Samagun, atrás de uma aresta rochosa em frente ao Manaslu, com paisagens deslumbrantes sobre os glaciares ali presentes. O lago Birendra, é um lago glaciar a 3540 metros de altitude, onde blocos de gelo caem para o lago. Regressaremos a Samagun, onde iremos pernoitar.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço, jantar.

manaslu-and-birendra-lake.jpg

13º Dia: Samagun até Samdo, 3875 metros de altitude. Distância: 5 Quilómetros. Duração: 3 a 4 horas.

O percurso de hoje será mais fácil. Passaremos áreas de pastagem e subiremos o vale. O trilho leva-nos por florestas, onde poderemos observar extraordinárias paisagens naturais. Ao chegarmos ao Rio Budhi Gandaki, passaremos uma ponte de madeira e subiremos o rio. Aqui teremos extraordinárias paisagens para a montanha Manaslu, até chegarmos a Samdo, vila onde os Tibetanos se refugiaram.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

samdo.jpg

14º Dia: Samdo até Dharamsala, 4480 metros de altitude. Distância: 11 Quilómetros. Duração: 3 a 4 horas.

Desceremos um pouco através de campos com paredes antigas, atravessaremos outra ponte de madeira acima do Rio Bhundi Ganadaki. Passaremos por inúmeras bandeiras de oração e muros com orações inscritas nas pedras, sinal que estaremos a chegar a Larkya La Pass. Após esta passagem teremos o privilégio de observar outro lago glaciar de seu nome Larkya, sem dúvida deslumbrante. Continuando o nosso trilho, mais acima chegaremos a Guest House de pedra, a 4450 metros de altitude. Não é um refúgio/lodge, é um abrigo, mais conhecido por Dharamsala ou Larkya La Phedi.

Pernoita com pequeno-almoço, almoço e jantar.

around-mt-manaslu-larkya-la-pass-trek3.jpg

.15º Dia: Dharamsala até Bhimtang, 3720 metros de altitude. Passagem Larkya La Pass, 5160 metros de altitude. Distância: 24 Quilómetros. Duração: 7 a 8 horas.

Um dos pontos altos desta actividade é a passagem de Larkya La pass a 5160 metros de altitude. Após um pequeno-almoço mais cedo que o habitual, sairemos de Dharamsala para um dia inteiro de marcha de montanha (trekking). A meteorologia torna-se um factor fundamental, que decidirá se a marcha de montanha será mais desafiadora, pois ventos fortes e tempestades podem ocorrer. Percorremos a moreia do glaciar, descendo até um pequeno lago. O nosso trilho continua pela moreia até ao final de uma aresta. As bandeiras de oração marcam o trilho, e com cuidado desceremos até uns lagos congelados e subiremos novamente. No topo da passagem podemos observar paisagens únicas para as montanhas: Himlung Himal, Cheo Himal, Kang Guru e o imponente Annapurna II. Ao vivermos o momento e admirarmos a beleza natural ao nosso redor, o trilho levar-nos-à ao topo da moreia e voltarmos a desce-la, até aos 4450 metros de altitude. Assim que continuarmos a descer, o trilho torna-se mais fácil até chegarmos a outro vale e várias casas irão surgir, indicando que estamos a chegar a Bhimtang.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Bhimatang.jpg

16º Dia: Bhimtang até Gho, 2250 metros de altitude. Duração: 4 a 5 horas.

Depois do pequeno-almoço iniciaremos o trilho, passaremos uma ponte suspensa de madeira, continuaremos por um trilho onde teremos por companhia pinheiros silvestres e rododendros. Outros animais irão surgir durante o dia pelo trilho tais como ovelhas, cavalos, passáros, macacos. Faremos uma subida por uma encosta íngreme, onde estão presentes várias bandeiras de oração. No cimo desta encosta poderemos ver a montanha Lamjung, com todo o seu esplendor. Após uma marcha numa das margens do rio, chegaremos ao nosso objectivo do dia, a aldeia Gho.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Lamjung.jpg

17º Dia: Gho até Dharapani, 1910 metros de altitude. Duração: 3 a 4 horas

Continuamos a descer para altitudes mais baixas. Passaremos por muitos terrenos de pastagens. Acabaremos por chegar à aldeia de Tilje. Esta aldeia é famosa por causa do Brandy. Após esta aldeia, seguiremos pelo trilho, rodeados de floresta. A partir daqui as encostas do Vale Marsyangdi surgem. Depois da última “dificuldade” do dia chegaremos a Dharapani.

Pernoita em refúgio/lodge com pequeno-almoço, almoço e jantar.

Dharapani.jpg

18º Dia: Desde Dharapani de autocarro até Besisahar, 760 metros de altitude. Duração: 4 a 5 horas. Depois até Kathmandu de autocarro. Duração: 7 horas.

O dia de hoje será totalmente na estrada, já fora dos trilhos. Após um pequeno-almoço muito mais cedo que o habitual, sairemos de Dharapani para Besishar em jeep ou autocarro. O cenário da viagem, também vai ser extraordinário. Passaremos por vilas, pelo Rio Marsyangdi. De acordo com o plano chegaremos a Besisahar antes das 15 horas, para que possamos apanhar o último autocarro para Kathmandu.

Chegada a Kathmandu, pernoita em hotel com pequeno-almoço.

19º Dia: Transfere do Hotel para o Aeroporto Internacional de Kathmandu. (24 horas até chegarmos a Portugal)

O representante da organização levar-nos-à em transporte privado até ao aeroporto. A viagem de avião até Portugal demorará 24 horas.

 PREÇO INDIVIDUAL E PLANO DE PAGAMENTO:

  • 2200 € . NÃO INCLUI OS VOOS DE PORTUGAL - NEPAL - PORTUGAL. RESERVAMOS OS VOOS PARA SI. QUANTO MAIS CEDO RESERVAR OS VOOS, MAIS BAIXO O PREÇO.

  • PRÉ - RESERVA : 20% ( 440 € + O VALOR DOS VOOS ) ATÉ AO DIA 15 - 8 - 2020

  • 2ª PRESTAÇÃO : 30 % ( 660 € ) ATÉ 60 DIAS ANTES DA PARTIDA, 1 - 1 - 2021

  • 3ª PRESTAÇÃO : 50 % ( 1100 € ) ATÉ 30 DIAS ANTES DA PARTIDA, 1 - 2 -2021

    Inscrições através do email trilhosecumes@gmail.com

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após a inscrição na actividade. (Vestuário e equipamento)

O QUE ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Acompanhamento técnico do Guia de Montanha Profissional Português durante a actividade ( Nota: se os participantes forem só 2 na actividade, não inclui Guia de Montanha Profissional Português, sendo os participantes integrados num grupo internacional e com Guia de Montanha Profissional Nepalês )

  • Transporte privado do Aeroporto de Kathmandu para o Hotel e do Hotel para o Aeroporto de Kathmandu.

  • Transporte privado de Kathmandu para Arughat

  • Transporte privado de Arughat para Soti Khola.

  • Transporte privado de Dharapani para Kathmandu.

  • 3 Noites em Hotel, Quarto Duplo com pequeno-almoço em Kathmandu.

  • 16 Pequenos-Almoços durante a marcha de montanha (trekking)

  • 16 Almoços durante a marcha de montanha (trekking)

  • 15 Jantares durante a marcha de montanha (trekking)

  • 15 Noites em refúgios/lodges em regime de quarto duplo, durante a marcha de montanha (trekking)

  • 1 Carregador por dois participantes (elemento da organização que transporta o vestuário e outro material de cada participante na actividade. 9 Quilos no máximo por cada participante)

  • Alojamento, Seguro, Refeições, Salários dos Carregadores.

  • Licença de Conservação e Permissão de Trekking da Região do Manaslu.

  • Óximetro para prevenção e monitorização do oxigénio no sangue, para prevenção do mal de altitude.

  • Kit Médico.

  • Certificado de participação do Trekking do Manaslu.

  • Jantar de despedida em Kathmandu com a organização.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ? 

  • Voo de Portugal - Kathmandu - Portugal (Sob consulta. quanto mais rápido reservar o lugar na actividade e solicitar-nos a reserva nos voos, mais barato serão os bilhetes de avião)

  • Visto Turístico de Entrada no Nepal ( Solicitar na embaixada no Nepal, o visto de entrada para 30 dias no mínimo )

  • Taxa de excesso de bagagem para os carregadores ( Máximo 9 Quilos por participante)

  • Almoços e Jantares em Kathmandu antes e depois do Trekking, excepto o jantar de despedida com a organização.

  • Noites extra em Kathmandu

  • Despesas pessoais ( Compras, Internet, Álcool, bebidas durante as refeições, duches de água quente, carregamento de bateria de telemóvel, chamadas telefónicas)

  • Vestuário e Equipamento Pessoal

  • Oferta monetária aos carregadores

  • Custos adicionais provocando atrasos causados por deslizamento de terras, condições meteorológica.

  • TODAS AS DESPESAS QUE NÃO ESTEJAM DESCRIMINADAS NA SECÇÃO “ O que está incluído ? “

IV Trekking até ao Acampamento Base do Everest e Kala Patthar 5545 metros de Altitude

IV Trekking até ao Acampamento Base do Everest e Kala Patthar 5545 metros de Altitude

Aventure-se connosco e conheça paisagens com montanhas e vales de cortar a respiração no Nepal, o paraíso dos montanhistas. Irá percorrer trilhos fantásticos encaixados em profundos vales, rodeados de montanhas nevadas com mais de 6000 metros de altitude, partilhar os trilhos com os fantásticos yaks, degustar o queijo de nyak (fêmea de yak), frequentar e pernoitar nos característicos lodges, atravessar pontes localizadas a centenas de metros acima dos rios, uma ascensão a uma montanha com 5545 metros de altitude, panoramas fantásticos para o Pumori, Everest, Nuptse e visita ao acampamento base do Everest, onde as expedições montam o seu acampamento base, para escalar o colossal Everest. 

Fotos Samuel Passos/Trilhos e Cumes. Todos os direitos reservados. All Rights Reserved.

São muitas as razões para que venha participar nesta aventura de uma vida. Não fique em casa e reserve já o seu lugar.

ITINERÁRIO

1º Dia

  • Chegada a Kathmandu ( Deverá sair de Portugal, 24 horas antes da chegada a Kathmandu, Nepal)

  • Transfer para Hotel em Kathmandu.

20190514_053118.jpg

2º Dia

  • Pequeno - Almoço no Hotel (Poderá ser uma "box" com pequeno-almoço, pois iremos partir cedo para Lukla, de avião)

  • Transfer do Hotel para o Aeroporto onde iremos voar para Lukla - 2840 metros de altitude.

  • Marcha de Montanha (trekking) de Lukla para Phakding - 2610 metros de altitude

  • Pernoita no lodge (refúgio de montanha) Buddha Lodge em Phakding com almoço e jantar.

20190501_072514.jpg

3º Dia

  • Pequeno - Almoço no Buddha Lodge em Phakding

  • Marcha de Montanha (trekking) de Phakding até Namche Bazar com almoço durante a marcha de montanha no lodge (refúgio de montanha) Friendship Lodge.

  • Pernoita em Namche Bazar - 3440 metros de altitude - no lodge (refúgio de montanha) Hotel Tibet e jantar.


20190503_030101.jpg

4º Dia

  • Pequeno - Almoço no Hotel Tibet

  • Dia de aclimatação em Namache Bazar, com visita ao monumento de Tenzing Norgay, o primeiro Sherpa a escalar o Everest e subida ao Everest View a 3880 metros de altitude, onde será possível visualizar o imponente Everest. Descida a Namache Bazar para o almoço e jantar no Hotel Tibet.

20190503_053151.jpg
A caminho do Everest View, a 3880 metros de altitude, no dia de aclimatação em Namche Bazar.

A caminho do Everest View, a 3880 metros de altitude, no dia de aclimatação em Namche Bazar.

5º Dia

  • Pequeno-Almoço no Hotel Tibet em Namche Bazar

  • Marcha de Montanha (trekking) de Namache Bazaar para Tengboche, a 3860 metros de altitude, com almoço durante a marcha de montanha num lodge (refúgio de montanha) na aldeia Phungi Thanga a 3250 metros de altitude.

  • Passagem pelo mosteiro budista de Tengboche a 3860 metros de altitude, jantar com pernoita em Deboche, a 3820 metros de altitude, no lodge (refúgio de montanha) Paradise.

Mosteiro budista em Tengboche, a 3860 metros de altitude

Mosteiro budista em Tengboche, a 3860 metros de altitude

Rodas de oração, no mosteiro budista em Tengboche.

Rodas de oração, no mosteiro budista em Tengboche.

6º Dia

  • Pequeno - almoço no lodge (refúgio de montanha) Paradise

  • Almoço volante durante a marcha de montanha

  • Marcha de montanha (trekking) de Deboche para Periche

  • Jantar no lodge (refúgio de montanha) Pumori, em Periche a 4240 metros de altitude

  • Pernoita no lodge (refúgio de montanha) Pumori Lodge

7º Dia

  • Pequeno - Almoço no logde (refúgio de montanha) Pumori

  • Dia de aclimatação em Periche, com subida aos 4500 m, com vista para as emblemáticas montanhas Ama Dablam (6814 metros de altitude) e Island Peak (6189 metros de altitude)

  • Almoço, Jantar e Pernoita no lodge (refúgio de montanha) Pumori

65034168_2339986066249502_8522911867864088576_n.jpg
Dia de aclimatação em Periche, com subida aos 4500 metros de altitude. Entre as nuvens o emblemático Ama Dablam, com 6814 metros de altitude.

Dia de aclimatação em Periche, com subida aos 4500 metros de altitude. Entre as nuvens o emblemático Ama Dablam, com 6814 metros de altitude.

65259150_429236041139446_656165368108154880_n.jpg

8º Dia

  • Pequeno-almoço no lodge (refúgio de montanha) Pumori

  • Almoço volante durante a marcha de montanha

  • Marcha de montanha de Periche com passagem em Tokla Pass a 4830 metros de altitude onde estão situados os shortens (memoriais de pedra, aos alpinistas/himalaistas que morreram na escalada do Everest, tais como Scott Fischer, uma das vitímas do acidente de 1996) e chegada a Lobuche, a 4910 metros de altitude.

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

65101353_2256209557830279_2653958337711833088_n.jpg
Shorten (memorial) de Scott Fischer, uma das vitimas do Everest, no ano de 1996, que é representado no filme Everest. Tirada em Thokla Pass a 4830 metros de altitude.

Shorten (memorial) de Scott Fischer, uma das vitimas do Everest, no ano de 1996, que é representado no filme Everest. Tirada em Thokla Pass a 4830 metros de altitude.

Uma das poucas casas da aldeia de Lobuche.

Uma das poucas casas da aldeia de Lobuche.

9º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

  • Marcha de montanha (trekking) de Lobuche até Gorak Shep, a 5140 metros de altitude e Acampamento Base do Everest.

  • Almoço volante durante a marcha de montanha (trekking)

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Buddha

65039694_396098251005848_6253919437531906048_n.jpg
65034905_1353649204792704_2733126353187504128_n.jpg
65743269_491764811365442_8993349759032885248_n.jpg
65748397_463941337753187_5265001181813407744_n.jpg

10º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanah) Buddha

  • Ascensão à montanha Kala Patthar, com 5545 metros de altitude

  • Almoço, Jantar e pernoita no lodge(refúgio de montanha) Buddha

65393200_2079241779045458_7989016758314860544_n.jpg
64742502_200765727507245_2998362883185704960_n.jpg
65286004_1236136396566505_6730750202837204992_n.jpg

11º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Buddha

  • Marcha de montanha até Lobuche.

  • Regresso a Lobuche com almoço volante

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

12º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Oxygen

  • Marcha de montanha de Lobuche para Periche

  • Almoço volante durante a marcha de montanha

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Pumori, em Periche

13º Dia

  • Pequeno - Almoço no lodge (refúgio de montanha) Pumori, em Periche

  • Marcha de montanha (trekking) de Periche até Namache Bazar

  • Almoço volante durante a marcha de montanha (trekking)

  • Jantar e pernoita no Hotel Tibet, em Namache Bazaar

Memorial aos mortos no Everest, desde as primeiras expedições, na aldeia de Periche.

Memorial aos mortos no Everest, desde as primeiras expedições, na aldeia de Periche.

14º Dia

  • Pequeno - Almoço no Hotel Tibet

  • Marcha de montanha (trekking) de Namache Bazaar para Lukla

  • Almoço no lodge (refugio de montanha) Buddha, em Pakding

  • Jantar e pernoita no lodge (refúgio de montanha) Himalaya em Lukla

15º Dia

  • Pequeno - Almoço volante ( terá que ser cedo para, para voarmos no primeiro avião de Lukla para Kathmandu)

  • Voo Lukla - Kathmandu

  • Transfer do Aeroporto para o Mandala Boutique Hotel

  • Jantar de despedida em restaurante local

  • Pernoita no Mandala Boutique Hotel

16º Dia

  • Pequeno - Almoço volante no Mandala Boutique Hotel

  • Transfer para o Aeroporto

  • Voos de regresso a casa ( Deverá contar com 24 horas de viagem de regresso a casa) 

PREÇO INDIVIDUAL:

  • 1800 € Por questões de logística a actividade deverá ser reservada até 25 de Dezembro de 2019

  • 1ª Prestação: 900 € até 25 de Outubro de 2019

  • 2ª Prestação: 900 € até 25 de Dezembro 2019

  • PREÇOS INDIVIDUAIS DOS VOOS PORTUGAL-KHATMANDU - PORTUGAL, SOB CONSULTA.

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL:

Será enviada uma lista detalhada, após a inscrição na actividade. (Vestuário e equipamento)

O QUE ESTÁ INCLUÍDO ?

  • Acompanhamento técnico por um guia de montanha profissional português.

  • Seguro, Assistência médica e resgate por helicóptero se tal for necessário.

  • Equipa de expedição (1 carregador por 2 participantes)

  • Hotel em Katmandu, com pequeno-almoço

  • Todas as permissões, taxas e bilhetes

  • Viagem de avião Kathmandu-Lukla-Kathmandu

  • Acomodação em lodge durante a actividade

  • 3 refeições diárias pequeno-almoço, almoço e jantar, durante a actividade, nos lodges.

  • Transferes de e para o aeroporto e hotel

  • Jantar de despedida em Kathmandu

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO ? 

  • Voo de Portugal - Kathmandu - Portugal (Sob consulta. quanto mais rápido reservar o lugar na actividade e solicitar-nos a reserva nos voos, mais barato serão os bilhetes de avião)

  • Visto Turístico de Entrada no Nepal ( Solicitar na embaixada no Nepal, o visto de entrada para 30 dias no mínimo )

  • Taxa de excesso de bagagem para os carregadores ( Máximo 9 Quilos por participante)

  • Almoços e Jantares em Kathmandu antes e depois do Trekking

  • Noites extra em Kathmandu

  • Despesas pessoais ( Compras, Internet, Álcool, bebidas durante as refeições, duches de água quente, carregamento de bateria de telemóvel, chamadas telefónicas)

  • Vestuário e Equipamento Pessoal

  • Oferta monetária aos carregadores

  • Custos adicionais provocando atrasos causados por deslizamento de terras, condições meteorológica.

  • TODAS AS DESPESAS QUE NÃO ESTEJAM DESCRIMINADAS NA SECÇÃO “ O que está incluído ? “